‘Di­nhei­ro não é tu­do’, diz Jad­son

Ca­mi­sa 10 afir­ma que sa­lá­rio ofe­re­ci­do por clu­be chi­nês ba­lan­çou, mas que fa­mí­lia e von­ta­de de con­quis­tar tí­tu­los pe­lo Co­rinthi­ans fo­ram vi­tais pa­ra se­guir no al­vi­ne­gro

Metro Brazil (Santos) - - ESPORTE -

O “não” de Jad­son à pro­pos­ta do Ji­ang­su Sainty, da China, sur­pre­en­deu pe­lo fa­to de a saí­da do ca­mi­sa 10 do Co­rinthi­ans ter si­do da­da pra­ti­ca­men­te co­mo cer­ta. On­tem, o meia ad­mi­tiu que fi­cou ba­lan­ça­do pe­la pro­pos­ta asiá­ti­ca – só de sa­lá­ri­os, se­ri­am R$ 500 mil, qua­se o do­bro do que re­ce­be do al­vi­ne­gro –, mas a von­ta­de de fa­zer his­tó­ria no Par­que São Jor­ge fa­lou mais al­to.

“Di­nhei­ro é bom, mas não é tu­do. Às ve­zes, vo­cê age mais com o co­ra­ção do que com a ra­zão. Es­tou fe­liz no Co­rinthi­ans, meu so­nho é con­quis­tar tí­tu­los e dei­xar ima­gem boa an­tes de sair”, afir­mou o meio-cam­pis­ta de 31 anos.

Se o di­nhei­ro não fa­lou tão al­to pa­ra Jad­son, fa­rá fal­ta ao Co­rinthi­ans. Com di­fi­cul­da­des fi­nan­cei­ras, a saí­da do jo­ga­dor era vis­ta com bons olhos pe­la di­re­to­ria co­rin­ti­a­na. Os chi­ne­ses pa­ga­ri­am a mul­ta res­ci­só­ria de R$ 16 mi­lhões – o Ti­mão, do­no de 30% dos di­rei­tos econô­mi­cos do meia, fi­ca­ria com R$ 4,8 mi­lhões.

Jad­son tam­bém des­ta­cou o fa­to de a fa­mí­lia es­tar adap­ta- da a São Pau­lo.

“No co­me­ço [ da ne­go­ci­a­ção] fi­quei pen­sa­ti­vo e em ci­ma do mu­ro. Às ve­zes vo­cê ou­ve pes­so­as, ami­gos, fa­mi­li­a­res, o pes­so­al do clu­be, a co­mis­são, a di­re­to­ria, e so­man­do tu­do, a mi­nha fa­mí­lia e eu es­ta­mos mui­to fe­li­zes e adap­ta­dos em São Pau­lo. En­tão is­so pe­sou mui­to na von­ta­de de fi­car”, dis­se o ca­mi­sa 10, que jo­gou se­te anos no Shakh­tar Do­netsk, da Ucrâ­nia, an­tes de re­tor­nar ao Bra­sil pa­ra atu­ar no São Pau­lo, em 2012.

O meia dis­se que ain­da não dis­cu­tiu re­no­va­ção de con­tra­to. O vín­cu­lo du­ra até o fim des­te ano e, pa­ra ele, ain­da “não é o mo­men­to de fa­lar em re­no­va­ção”.

Con­fir­ma­do no clu­be, o ar­ma­dor de­ve ser ti­tu­lar no du­e­lo con­tra o Mo­gi Mi­rim, do­min­go, na Are­na Co­rinthi­ans.

“Meus em­pre­sá­ri­os fi­ca­ram um pou­co de­cep­ci­o­na­dos quan­do fa­lei que não ia, mas is­so faz par­te da vi­da”

JAD­SON, SO­BRE A NE­GO­CI­A­ÇÃO

| GE­RO/FOTOARENA

Ape­sar da pres­são dos em­pre­sá­ri­os, Jad­son fi­cou no Ti­mão

POR­TU­GUE­SA

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.