MO­RA­LI­DA­DE FE­RI­DA

Metro Brazil (Santos) - - ESPORTE - ODIR CU­NHA ODIR.CU­NHA@METROJORNAL.COM.BR

Jun­te po­pu­lis­mo, de­ma­go­gia e fal­ta de éti­ca e en­ten­de­rá por­que al­guns clu­bes bra­si­lei­ros são aben­ço­a­dos pe­lo po­der, en­quan­to ou­tros, co­mo o San­tos, que en­si­nou ao mundo que a ca­pi­tal do Bra­sil não era Bu­e­nos Ai­res, são mar­gi­na­li­za­dos pe­lo sta­tus quo.

Di­go is­so por­que es­ta se­ma­na, ape­sar das agru­ras de nos­sa eco­no­mia, a Cai­xa Econô­mi­ca Fe­de­ral, um ban­co do Es­ta­do, re­no­vou, sem li­ci­ta­ção, o seu con­tra­to de R$ 30 mi­lhões anu­ais ao Co­rinthi­ans – o mai­or pa­tro­cí­nio en­tre os clu­bes bra­si­lei­ros.

Tam­bém es­ta se­ma­na o ex-pre­si­den­te co­rin­ti­a­no An­drés San­chez su­ge­riu que o go­ver­no com­pre os R$ 420 mi­lhões em Cids (Cer­ti­fi­ca­dos de In­cen­ti­vo ao De­sen­vol­vi­men­to) que o al­vi­ne­gro de Ita­que­ra pre­ci­sa ar­re­ca­dar pe­lo acor­do que per­mi­tiu a cons­tru­ção de seu es­tá­dio. Is­so é o mes­mo que pe­dir ao seu cre­dor que pa­gue a dí­vi­da que vo­cê tem com ele (?!).

Mes­mo pa­tru­lha­do e ame­a­ça­do, o pro­mo­tor pú­bli­co Marcelo Ca­mar­go Mi­la­ni man­tém ação con­tra a emis­são dos Cids a fa­vor do Co­rinthi­ans. Na ação, Mi­la­ni afir­ma que o ex-pre­fei­to Gil­ber­to Kas­sab fe­riu o prin­cí­pio da mo­ra­li­da­de ao san­ci­o­nar a lei pe­la qual a Pre­fei­tu­ra se com­pro­me­teu a emi­tir R$ 420 mi­lhões em Cids pa­ra se­rem ne­go­ci­a­dos pe­lo clu­be da zo­na les­te pau­lis­ta­na.

Em ou­tra épo­ca, fe­rir a mo­ra­li­da­de se­ria con­si­de­ra­do al­go gra­ve. Nes­ta, em que um ex-pre­si­den­te age co­mo lo­bis­ta a fa­vor de de­ter­mi­na­do clu­be, é pro­vá­vel que es­ses pri­vi­lé­gi­os con­ti­nu­em em­por­ca­lhan­do, im­pu­ne­men­te, o jo­go lim­po do fu­te­bol.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.