Ter­cei­ri­za­ção to­tal é apro­va­da na Câ­ma­ra

Tex­to-ba­se do pro­je­to de lei per­mi­te que em­pre­sas con­tra­tem ter­cei­ri­za­dos pa­ra qual­quer ati­vi­da­de

Metro Brazil (Santos) - - FRONT PAGE - MARCELO FREITAS

Por 324 vo­tos a fa­vor, 137 con­trá­ri­os e du­as abs­ten­ções, a Câ­ma­ra apro­vou on­tem o tex­to-ba­se do pro­je­to que au­to­ri­za a con­tra­ta­ção de mão-de-obra ter­cei­ri­za­da em to­das as áre­as das em­pre­sas. Pe­la lei atu­al, a prá­ti­ca é proi­bi­da. Uma sú­mu­la do TST (Tri­bu­nal Su­pe­ri­or do Tra­ba­lho) res­trin­ge a ter­cei­ri­za­ção pa­ra ati­vi­da­des-meio, co­mo ser­vi­ços de lim­pe­za, se­gu­ran­ça e in­for­má­ti­ca, por exem­plo.

Por acor­do, as pro­pos­tas de al­te­ra­ções no tex­to fi­ca­ram pa­ra a pró­xi­ma ter­ça- -fei­ra. O tex­to ain­da pre­ci­sa­rá ser vo­ta­do tam­bém pe­lo Se­na­do, an­tes de ir à san­ção pre­si­den­ci­al.

O re­la­tor da pro­pos­ta, de­pu­ta­do Arthur Maia (SD-BA), vol­tou a fa­zer mu­dan­ças no tex­to pa­ra ga­ran­tir, por exem­plo, ma­nu­ten­ção do vín­cu­lo sin­di­cal do tra­ba­lha­dor ter­cei­ri­za­do ao mes­mo sin­di­ca­to que re­pre­sen­ta o em­pre­ga­do da con­tra­tan­te, aten­den­do pe­di­do de cen­trais sin­di­cais.

O re­la­tor, po­rém, não aca­tou to­das as su­ges­tões pro­pos­tas pe­lo go­ver­no, co- mo a que pre­via que o re­co­lhi­men­to do FGTS fos­se fei­to pe­la em­pre­sa con­tra­tan­te. A ga­ran­tia de pa­ga­men­to de en­car­gos tra­ba­lhis­tas, co­mo Im­pos­to de Ren­da e PIS, foi aca­ta­da, bem co­mo proi­bir a con­tra­ta­ção de pa­ren­tes de só­ci­os da con­tra­tan­te do ser­vi­ço. A ter­cei­ri­za­da tam­bém só po­de­rá ter uma ati­vi­da­de na em­pre­sa e se­rá exi­gi­da es­pe­ci­a­li­za­ção na área.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.