LEC ba­te a Ra­po­sa em jo­go dra­má­ti­co

LEC ar­ran­ca em­pa­te no úl­ti­mo mi­nu­to, le­va pa­ra os pê­nal­tis e ga­ran­te a clas­si­fi­ca­ção

NOSSODIA - - Primeira Página - (Vic­tor Lo­pes/Gru­po Fo­lha)

Em uma par­ti­da his­tó­ri­ca, o Tu­ba­rão ba­teu o Cru­zei­ro nos pê­nal­tis e es­tá na fi­nal da Co­pa da Pri­mei­ra Li­ga. Mais de 17 mil tor­ce­do­res vi­ven­ci­a­ram um tur­bi­lhão de sen­ti­men­tos no Es­tá­dio do Ca­fé: o ti­me per­dia por 2 a 0 até os 35 mi­nu­tos do se­gun­do tem­po, quan­do nu­ma re­a­ção sur­pre­en­den­te em­pa­tou a par­ti­da aos 51. Nas pe­na­li­da­des, bri­lhou a es­tre­la do go­lei­ro Cé­sar, que pe­gou três co­bran­ças dos cru­zei­ren­ses e co­lo­cou o ti­me na fi­nal con­tra o Atlé­ti­co Mi­nei­ro, no dia 8 de ou­tu­bro, no Ca­fé.

Lo­go nos pri­mei­ros mi­nu­tos, o Tu­ba­rão mos­trou uma pos­tu­ra de quem jo­ga em ca­sa e do­mi­na­va as ações. O ti­me ex­plo­ra­va os cru­za­men­tos com os la­te­rais Ayr­ton e, prin­ci­pal­men­te, Re­gi­nal­do pe­la di­rei­ta. Arthur tam­bém se mo­vi­men­ta­va bem e ten­ta­va a apro­xi­ma­ção com Car­los Hen­ri­que, mas o ti­me chu­ta­va pou­co.

O Cru­zei­ro bus­ca­va ex­plo­rar os con­tra-ata­ques e aos pou­cos foi equi­li­bran­do a par­ti­da. Aos 19 mi­nu­tos, os mi­nei­ros mos­tra­ram for­ça com um chu­te de Bryan. Na sequên­cia, em mais uma va­ci­la­da do Tu­ba em bo­las áre­as es­te ano, Lu­cas Sil­va es­co­rou de ca­be­ça após es­can­teio e fez 1 a 0. O Lon­dri­na não se aba­lou e se­guiu ten­tan­do. Aos 25, co­bran­ça de fal­ta pe­ri­go­sa e Car­los Hen­ri­que man­dou uma bom­ba que ras­pou o tra­ves­são. Ao 39, foi a vez de Rô­mu­lo dar tra­ba­lho ao go­lei­ro Ra­fa­el. Um chu­ta­ço da in­ter­me­diá­ria que o cru­zei­ren­se foi bus­car no ân­gu­lo. De­pois, Arthur fez be­la jo­ga­da, pas­sou por três mar­ca­do­res den­tro da área, mas o gu­ar­da-me­tas saiu nos pés do ata­can­te do Tu­ba.

No se­gun­do tem­po, o Tu­ba­rão vol­tou com a mes­ma pos­tu­ra. Mas viu o Cru­zei­ro jo­gar uma du­cha de água fria lo­go aos 9 mi­nu­tos. O pe­ri­go­so ata­can­te Sas­sá pe­gou re­bo­te de um chu­te na tra­ve de El­ber e am­pli­ou o pla­car. O Lon­dri­na não de­sis­tiu do jo­go e se­guiu in­sis­tin­do. As en­tra­das de Sa­fi­ra, Mar­ci­nho e Pa­trick Vi­ei­ra de­ram um gás no­vo no ti­me e, de­pois de chu­tar du­as bo­las no tra­ves­são com Ger­ma­no e Car­los Hen­ri­que, o ti­me foi re­com­pen­sa­do. Cru­za­men­to de Mar­ci­nho pa­ra ca­be­ça­da for­te de Sa­fi­ra.

A par­tir daí, a tor­ci­da se tor­nou o 12º jo­ga­dor. Nu­ma pres­são ab­sur­da, o Tu­ba foi com tu­do pra ci­ma e, no fi­nal­zi­nho da par­ti­da foi re­com­pen­sa­do. Aos 51, pê­nal­ti mui­to bem mar­ca­do pe­lo ár­bi­tro em Sa­fi­ra. Ger­ma­no con­ver­teu e le­vou a de­ci­são pa­ra as pe­na­li­da­des. Com a ar­qui­ban­ca­da en­san­de­ci­da, foi a vez de Cé­sar bri­lhar. O go­lei­ro do Tu­ba pe­gou as co­bran­ças de Lu­cas Sil­va, Arthur e Alex. Ger­ma­no, Ayr­ton e Dir­ceu mar­ca­ram pa­ra o ti­me da ca­sa e le­va­ram to­dos ao de­lí­rio no Ca­fé. Na co­me­mo­ra­ção, te­ve até “sar­ra­da no ar”. Um dia pa­ra fi­car na me­mó­ria de to­dos.

Sau­lo Oha­ra

Sa­fi­ra fez um gol e so­freu o pê­nal­ti que sal­vou o Tu­ba nos úl­ti­mos ins­tan­tes

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.