Va­gas tem­po­rá­ri­as de Na­tal po­dem ser ‘tram­po­lim’ pa­ra car­tei­ra as­si­na­da

Pre­vi­são de efe­ti­va­ção de tra­ba­lha­do­res após Na­tal éde 27%, qua­se a so­ma do re­gis­tra­do nos úl­ti­mos dois anos

NOSSODIA - - Primeira Página - (Fá­bio Ga­li­ot­to/Gru­po Fo­lha)

A ex­pec­ta­ti­va de efe­ti­va­ção de tra­ba­lha­do­res tem­po­rá­ri­os no va­re­jo pa­ra o Na­tal des­te ano equi­va­le pra­ti­ca­men­te à so­ma do re­gis­tra­do nos úl­ti­mos dois anos, de acor­do com pre­vi­são di­vul­ga­da na quar­ta-fei­ra, 28, pe­la CNC (Con­fe­de­ra­ção Na­ci­o­nal do Co­mér­cio de Bens, Ser­vi­ços e Tu­ris­mo). O bai­xo es­to­que de va­gas nos úl­ti­mos anos e o me­lhor ce­ná­rio em in­di­ca­do­res co­mo a in­fla­ção e ju­ros fa­zem com que a en­ti­da­de pro­je­te a aber­tu­ra de 73,1 mil va­gas pa­ra o pe­río­do no País, com ma­nu­ten­ção de 27% após o fim de ano, ou 19,7 mil em­pre­gos.

A ex­pec­ta­ti­va é ge­rar 10% mais em­pre­gos tem­po­rá­ri­os nes­te ano em re­la­ção aos 66,7 mil de 2016. Ain­da, os úl­ti­mos dois fins de ano ti­ve­ram mé­dia de efe­ti­va­ção de tem­po­rá­ri­os de 15% no va­re­jo, o que re­pre­sen­tou 21,6 mil na so­ma de 2015 e 2016, con­for­me a CNC. As pre­vi­sões oti­mis­tas são ba­se­a­das em as­pec­tos sa­zo­nais com ba­se no Ca­ged (Ca­das­tro Ge­ral de Em­pre­ga­dos e De­sem­pre­ga­dos) e na re­cu­pe­ra­ção das condições de con­su­mo, ca­rac­te­ri­za­da pe­la in­fla­ção em bai­xa, ju­ros em que­da, re­to­ma­da gra­du­al do em­pre­go na in­dús­tria e re­cuo mé­dio de 10% na ta­xa de câm­bio ao lon­go des­te ano. As­sim, a CNC pro­je­ta uma mo­vi­men­ta­ção fi­nan­cei­ra de R$ 34,3 bi­lhões pa­ra o va­re­jo nos úl­ti­mos me­ses des­te ano, al­ta de 4,3% so­bre o mes­mo pe­río­do de 2016.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.