Des­vi­ou gra­na da Acesf e foi exo­ne­ra­do

NOSSODIA - - Primeira Página -

Um ser­vi­dor de car­rei­ra foi exo­ne­ra­do no iní­cio da se­ma­na pe­la Pre­fei­tu­ra de Londrina, acu­sa­do de des­vi­ar R$ 600 mil dos co­fres da Acesf (Ad­mi­nis­tra­ção de Ce­mi­té­ri­os e Ser­vi­ços Fu­ne­rá­ri­os de Londrina), en­tre 2013 e 2015. Ele de­ve­rá ar­car com pro­ces­sos na es­fe­ra cí­vel (de­vo­lu­ção do di­nhei­ro) e cri­mi­nal. A si­tu­a­ção foi de­nun­ci­a­da ao Mi­nis­té­rio Pú­bli­co em 2015.

A quei­xa foi en­ca­mi­nha­da à Pro­cu­ra­do­ri­aGe­ral do Mu­ni­cí­pio e a Cor­re­ge­do­ria abriu um pro­ces­so ad­mi­nis­tra­ti­vo que foi con­cluí­do ape­nas nes­ta se­ma­na. Con­for­me o Pro­cu­ra­dor-Ge­ral do Mu­ni­cí­pio, João Luiz Es­te­ves, o ser­vi­dor era en­car­re­ga­do, en­tre ou­tras coi­sas, de fa­zer o re­ce­bi­men­to de va­lo­res pa­gos de pes­soa ju­rí­di­ca. “A Acesf fa­zia o ser­vi­ço e ele pe­ga­va o di­nhei­ro. Não pe­ga­va sem­pre, mas foi cons­ta­ta­do em pro­ces­so ad­mi­nis­tra­ti­vo e ele foi exo­ne­ra­do.”

“O pro­ces­so co­me­çou no fim de 2015, mas só se en­cer­rou ago­ra, qua­se dois anos de­pois. Mas é um pra­zo ra­zoá­vel, por­que ele te­ve di­rei­to a apre­sen­tar su­as pro­vas, tes­te­mu­nhas e ou­tras pe­rí­ci­as ne­ces­sá­ri­as. Nes­te ca­so, che­ques fo­ram ras­tre­a­dos. O Mi­nis­té­rio Pú­bli­co tam­bém abriu um inqué­ri­to pa­ra in­ves­ti­gar o ca­so.” (Luís Wil­tem­burg e Fer­nan­da Cir­chia/Gru­po Fo­lha)

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.