Tem­po­ral dei­xa Ta­ma­ra­na sem água e luz

A chu­va com for­tes ven­tos no sá­ba­do des­te­lhou ca­sas e der­ru­bou ár­vo­res e pos­tes, dei­xan­do a po­pu­la­ção sem água, ener­gia elé­tri­ca, te­le­fo­ne e in­ter­net

NOSSODIA - - Primeira Página -

Na PR-445, que dá aces­so a Ta­ma­ra­na, já é pos­sí­vel ter uma ideia dos es­tra­gos da tem­pes­ta­de. Ár­vo­res fo­ram ar­ran­ca­das pe­la raiz, al­guns pon­tos de ôni­bus fo­ram des­te­lha­dos e pos­tes der­ru­ba­dos. A as­ses­so­ria de im­pren­sa da Co­pel in­for­mou que 22 pos­tes fo­ram que­bra­dos em Ta­ma­ra­na e 12 em Ler­ro­vil­le. A mai­or par­te de­les ao lon­go da Ro­do­via Vic­tó­rio Fran­co­vig.

Já na ci­da­de, o ce­ná­rio é ain­da pi­or. Mais de 200 ca­sas fo­ram des­te­lha­das e mais de 50 ár­vo­res caí­ram so­bre ru­as e mu­ros. “É ina­cre­di- tá­vel. Eu só ti­nha vis­to is­so nos fil­mes. Eu es­ta­va as­sis­tin­do te­le­vi­são quan­do ou­vi um ba­ru­lho do ven­to. Em ques­tão de mi­nu­tos, o te­lha­do do quar­to caiu, der­ru­bou o for­ro e foi mo­lhan­do tu­do. Deu tem­po só de pe­gar os me­ni­nos e cor­rer pa­ra a sa­la”, con­ta Ge­ber­son Go­mes.

Além dos mó­veis e do te­lha­do, o mu­ro de to­da a ca­sa tam­bém foi des­truí­do. “Faz dois me­ses que ter­mi­na­mos de cons­truir a ca­sa e nos mu­da­mos. É mui­to tris­te, mas o que im­por­ta é que es­ta­mos bem”, diz ele, que mo­ra com a es­po­sa, dois fi­lhos e du­as en­te­a­das, na re­gião cen­tral.

A al­guns me­tros da­li, a do­na de ca­sa An­gé­li­ca da Sil­va Car­do­so tam­bém pro­cu­ra­va re­pa­rar os da­nos. Sua ca­sa foi des­te­lha­da, com­pro­me­ten­do os mó­veis e col­chões. “Eu e meu ma­ri­do es­tá­va­mos em um sí­tio aqui per­to e fi­ca­mos sa­ben­do do tem­po­ral ho­ras de­pois. Quan­do a gen­te che­gou e viu a ca­sa des­truí­da, foi um sus­to. Não va­mos po­der dormir em ca­sa ho­je. Va­mos fi­car na ca­sa de pa­ren­tes”, la­men­ta.

De acor­do com o co­or­de­na­dor da De­fe­sa Ci­vil de Ta­ma­ra­na, Ar­nal­do Sil­va de Oli­vei­ra, as fa­mí­li­as que ti­ve­ram as ca­sas des­te­lha­das fo­ram as­sis­ti­das com lo­nas e não há re­gis­tros de de­sa­bri­ga­dos. “Es­ta­mos com uma equi­pe de 15 ho­mens, aju­dan­do na re­mo­ção de ár­vo­res e lim­pe­za ge­ral da ci­da­de”, com­ple­ta. (M.O./ Co­la­bo­rou Luís Fer­nan­do Wil­tem­burg)

Gus­ta­vo Car­nei­ro

As fa­mí­li­as fo­ram abas­te­ci­das por um ca­mi­nhão-pipa dis­po­ni­bi­li­za­do pe­la Sa­ne­par

Gus­ta­vo Car­nei­ro

Se­gun­do a Co­pel, 22 pos­tes fo­ram que­bra­dos em Ta­ma­ra­na e 12 em Ler­ro­vil­le

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.