Equi­pa­men­to no­vo sem fun­ci­o­nar

O Dia - - RIO DE JANEIRO -

N Em vis­to­ria de agos­to, a De­fen­so­ria Pú­bli­ca en­con­trou equi­pa­men­tos em cai­xas no Rio Ima­gem: u mP etS­can,quep ode di­ag­nos­ti­car cân­cer em fa­se ini­ci­al e tam­bém é to­mó­gra­fo, e ou­tro de res­so­nân­cia mag­né­ti­ca. Os equi­pa­men­tos nun­ca usa­dos de­vi­do aos cus­tos de ins­ta­la­ção. Eles fo­ram com­pra­dos em 2013. O Pet Scan cus­tou R$ 3,6 mi­lhões. Três apa­re­lhos de res­so­nân­cia fo­ram ad­qui­ri­dos por R$ 8,9 mi­lhões. A si­tu­a­ção foi re­ve­la­da pe­la TV Glo­bo.

A De­fen­so­ria quer que eles se­jam uti­li­za­dos em al­gu­ma uni­da­de de saú­de. O Rio só tem um Pet Scan, na re­de fe­de­ral, no In­ca .“É uma ir­res­pon­sa­bi­li­da­de do­ges tor­que ad­qui­riu equi­pa­men­tos ca­ros sem ve­ri­fi­car as con­di­ções de ins­ta­la­ção, que po­de­ri­am sal­var vi­das”, afir­mou Jahara.

A Se­cre­ta­ria de Saú­de res­sal­tou que apri­o­ri­da­de pa­rau so­de recursos tem si­do a ma­nu­ten­ção da re­de já exis­ten­te eque as obras do Rio Ima­gem 2 es­tão sen­do re­a­va­li­a­das de acor­do com dis­po­ni­bi­li­da­de de ver­ba. So­bre Pet Scan, es­cla­re­ceu que o or­ça­men­to pa­ra com­ple­ta­ra obra de ins­ta­la­ção era in­viá­vel eque de­ter­mi­nou no­va to­ma­da de pre­ços à di­re­ção do Rio Ima­gem. Quan­to aos apa­re­lhos de res­so­nân­cia, um es­tá em fun­ci­o­na­men­to no Rio Ima­gem, ou­tro em fa­se de ma­nu­ten­ção e o ter­cei­ro po­de­rá ser ins­ta­la­do no in­te­ri­or. Há ain­da ou­tro apa­re­lho de res­so­nân­cia no Hos­pi­tal Alberto Tor­res, em São Gon­ça­lo, que aten­de a re­gião.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.