Cláu­dio Lo­pes pre­so com es­col­ta da PF

O Dia - - LEO DIAS - ADRI­A­NA CRUZ adri­a­na.cruz@odia.com.br

Pri­mei­ro ex-pro­cu­ra­dor­ge­ral de Jus­ti­ça a ser pre­so, Clau­dio Lo­pes con­tou com es­col­ta até da Po­lí­cia Fe­de­ral pa­ra ser le­va­do à Uni­da­de Pri­si­o­nal da PM, em Ni­te­rói, co­nhe­ci­da co­mo BEP, na quin­ta-fei­ra. Ele é acu­sa­do pe­lo Mi­nis­té­rio Pú­bli­co de in­te­grar es­que­ma de cor­rup­ção mon­ta­do pe­lo ex-go­ver­na­dor Sér­gio Ca­bral pa­ra não in­ves­ti­gar os ali­a­dos do en­tão do­no do Pa­lá­cio Gu­a­na­ba­ra.

A or­dem de pri­são par­tiu do de­sem­bar­ga­dor Rei­nal­do Pin­to Al­ber­to Fi­lho. Na de­ci­são, Fi­lho de­ter­mi­nou que Lo­pes fi­cas­se em uma Sa­la de Es­ta­do Mai­or — uma ce­la sem gra­des. Co­mo não há es­te ti­po de ce­la nas pri­sões do Rio, ele foi pa­ra o BEP. A uni­da­de é fis­ca­li­za­da por pro­mo­to­res que atu­am jun­to à Au­di­to­ria da Jus­ti­ça Mi­li­tar.

Con­for­me o blog Jus­ti­ça e Ci­da­da­nia adi­an­tou, Lo­pes usou R$ 200 mil em di­nhei­ro vi­vo pa­ra ad­qui­rir ca­sa em Bú­zi­os, em 2011. O va­lor do imó­vel era de R$ 500 mil. Os R$ 300 mil res­tan­tes fo­ram pa­gos em che­ques. À épo­ca, se­gun­do o MP con­tra Lo­pes, por for­ma­ção de qua­dri­lha, cor­rup­ção ati­va e pas­si­va e que­bra de si­gi­lo fun­ci­o­nal, ele já re­ce­bia me­sa­da R$ 150 mil da or­ga­ni­za­ção de Ca­bral. Na ne­go­ci­a­ção da re­si­dên­cia, Lo­pes obri­gou a ven­de­do­ra a acei­tar par­te do mon­tan­te em es­pé­cie.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.