Obri­ga­do pa­dre Thel­mo!

O Diario do Norte do Parana - - OPINIÃO -

In­fe­liz­men­te as es­tra­das têm cor­ta­do ras­tei­ra­men­te a vi­da de mui­tas pes­so­as que­ri­das. To­das as se­ma­nas re­ce­be­mos no­tí­ci­as de que pes­so­as pró­xi­mas, ou co­nhe­ci­das, per­dem a vi­da nas ro­do­vi­as. O te­ma é re­cor­ren­te, tris­te, la­men­tá­vel. Pa­ra ci­tar um exem­plo, vo­cê de­ve es­tar lem­bra­do que re­cen­te­men­te per­de­mos o jo­vem ca­sal da fa­mí­lia San­dri.

No ar­ti­go da se­ma­na pas­sa­da, es­cre­vi so­bre as mor­tes no trân­si­to. E ago­ra, na ter­ça-fei­ra (27) o nos­so cle­ro foi atin­gi­do com a mor­te do nos­so que­ri­do ami­go Pa­dre Thel­mo Ricardo Fa­vo­ret­to. Ele morreu após uma co­li­são com um ca­mi­nhão no tre­cho da ro­do­via PR-444 en­tre Ara­pon­gas e Man­da­gua­ri, du­ran­te uma for­te chu­va. Fa­ta­li­da­de.

Pa­dre Thel­mo ti­nha 37 anos, fi­lho úni­co. Atu­al­men­te tra­ba­lha­va co­mo pá­ro­co da Pa­ró­quia San­ta Ro­sa de Lima, no dis­tri­to de Igua­te­mi, era as­ses­sor ecle­siás­ti­co da Re­no­va­ção Ca­ris­má­ti­ca Ca­tó­li­ca e por anos foi as­ses­sor ecle­siás­ti­co da Pas­to­ral da Cri­an­ça. Ele tam­bém es­ta­va pres­tan­do ser­vi­ços di­re­tos ao pri­mei­ro ar­ce­bis­po de Ma­rin­gá, dom Jai­me Luiz Co­e­lho, que ho­je tem 96 anos e ne­ces­si­ta de cui­da­dos es­pe­ci­ais. Jo­vem sa­cer­do­te, Thel­mo tra­ba­lhou co­mo vi­gá­rio na Pa­ró­quia Nos­sa Se­nho­ra da Es­pe­ran­ça em Sa­ran­di e fa­zia par­te do Tri­bu­nal Ecle­siás­ti­co In­ter­di­o­ce­sa­no de Ma­rin­gá. De­di­ca­do aos es­tu­dos, ele fa­zia mes­tra­do em Di­rei­to Canônico. Em con­ver­sa pes­so­al com ele nes­tes di­as, dis­se-me es­tar can­sa­do, pre­ci­sa­va de fé­ri­as an­te­ci­pa­das.

Co­mo pai es­pi­ri­tu­al do nos­so po­vo, uso es­te es­pa­ço pa­ra di­zer que re­zo pe­la alma do nos­so Pa­dre Thel­mo e re­zo tam­bém pe­la fa­mí­lia de­le, que ago­ra pas­sa por um mo­men­to ex­tre­ma­men­te do­lo­ro­so.

A mor­te sem­pre nos sur­pre­en­de. E pa­re­ce que a mor­te cau­sa­da por aci­den­tes de trân­si­to têm um gos­to ain­da mais cruel. Por ser re­pen­ti­na, ba­nal, ela pro­vo­ca cer­ta re­vol­ta, tam­bém com o sis­te­ma ro­do­viá­rio bra­si­lei­ro.

Ho­je, que­ro re­zar e cla­mar pa­ra que to­dos nós fa­ça­mos a nos­sa par­te pa­ra evi­tar que mais pes­so­as que­ri­das mor­ram nas nos­sas ro­do­vi­as. Que nós mo­to­ris­tas, se­ja­mos mais cons­ci­en­tes, pru­den­tes. O go­ver­no, que crie po­lí­ti­cas efe­ti­vas e ime­di­a­tas pa­ra ade­quar as es­tra­das à no­va re­a­li­da­de do trân­si­to bra­si­lei­ro.

Que as con­ces­si­o­ná­ri­as, em­pre­sas pri­va­das que ad­mi­nis­tram de­ter­mi­na­das ro­do­vi­as, pen­sem ca­da vez mais na vi­da hu­ma­na e me­nos no lu­cro. Se ca­da um fi­zer a sua par­te, te­re­mos mais vi­da e me­nos mor­te.

Pa­dre Thel­mo, re­ze por nós aí no céu. Ami­go, obri­ga­do por tudo, pe­la ami­za­de, pe­las ho­ras que par­ti­lha­mos a vi­da, as di­fi­cul­da­des, as ale­gri­as, os pro­je­tos. Obri­ga­do pe­la vi­da do­a­da pe­lo po­vo de Deus em nos­sa que­ri­da Ar­qui­di­o­ce­se de Ma­rin­gá. Que sua vi­da se­ja se­men­te de mui­tas vo­ca­ções lei­gas e re­li­gi­o­sas pa­ra o ser­vi­ço de evan­ge­li­za­ção. Des­can­se em paz

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.