RES­PON­SÁ­VEL PA­RA A AU­TO­NO­MIA DAS PES­SO­AS

O Diario do Norte do Parana - - CIDADES -

Quan­do se fa­la em ob­je­ti­vos de aces­si­bi­li­da­de, tra­ta-se de uma mu­dan­ça con­cei­tu­al no pen­sa­men­to das pes­so­as que acham que o de­fi­ci­en­te é só o ca­dei­ran­te. Mas além da de­fi­ci­ên­cia con­tí­nua exis­tem ou­tros pro­ble­mas de aces­si­bi­li­da­de com não-de­fi­ci­en­tes co­mo as mu­lhe­res grá­vi­das ou com car­ri­nhos de be­bês e até mes­mo o ido­so. To­das es­sas pes­so­as pre­ci­sam de es­pa­ços adap­ta­dos. A pró­pria nor­ma téc­ni­ca (NBR-9.050) de aces­si­bi­li­da­de pa­ra edi­fi­ca­ções, mo­bi­liá­ri­os e es­pa­ços ur­ba­nos clas­si­fi­ca a pos­si­bi­li­da­de de con­di­ções de al­can­ce, per­cep­ção e en­ten­di­men­to pa­ra uti­li­za­ção com se­gu­ran­ça e eco­no­mia de edi­fi­ca­ções. O que a gen­te bus­ca, em re­su­mo, é uma ori­en­ta­ção pa­ra o res­pon­sá­vel pe­lo es­ta­be­le­ci­men­to da au­to­no­mia pa­ra pes­so­as com es­sas ne­ces­si­da­des. Nes­te ano, aten­den­do uma de­man­da da pro­mo­to­ra de Jus­ti­ça de Pro­te­ção à Saú­de Pú­bli­ca de Ma­rin­gá, Stella Ma­ris Fer­rei­ra Pi­nhei­ro, que cuida do te­ma aces­si­bi­li­da­de, fo­ram pro­gra­ma­das vi­si­tas a mais de 60 es­ta­be­le­ci­men­tos, das re­des mu­ni­ci­pal e es­ta­du­al de en­si­no, ain­da em an­da­men­to. Des­ta­co que nas es­co­las es­ta­du­ais não ti­ve­mos gran­de re­tor­no do go­ver­no do Es­ta­do. Pe­lo me­nos aqui no âm­bi­to mu­ni­ci­pal não é per­cep­tí­vel. Tal­vez ha­ja ações ad­mi­nis­tra­ti­vas em ou­tras re­giões, mas no que foi cons­ta­ta­do pe­lo Crea, em Ma­rin­gá, não há gran­des ações.

Já par­ti­ci­pa­mos de inú­me­ras reu­niões, in­clu­si­ve, com a Co­mis­são Es­ta­du­al de Aces­si­bi­li­da­de do Crea, no Pa­ra­ná. Já con­ver­sa­mos com a pre­fei­tu­ra e o qua­dro téc­ni­co pa­ra con­ci­li­ar al­gu­mas ques­tões. Pen­so que a in­ten­ção do mu­ni­cí­pio é sa­tis­fa­tó­ria. Eles es­tão de­bru­ça­dos no pla­ne­ja­men­to. Não dá pa­ra que­rer que os pro­ble­mas de um mu­ni­cí­pio de 60 anos se re­sol­vam de um dia pa­ra o ou­tro. A nor­ma de aces­si­bi­li­da­de é de 2004. É um te­ma re­cen­te. Ve­jo que a ques­tão es­tá sen­do con­tem­pla­da. To­da obra ou in­ter­ven­ção pla­ne­ja­da, ho­je, no meio ur­ba­no le­va o te­ma em con­si­de­ra­ção. Ava­lio que a pre­fei­tu­ra pen­sa de for­ma ade­qua­da.

Em 2011, a ação foi fo­ca­da nos es­ta­be­le­ci­men­tos de en­si­no su­pe­ri­or. Nes­te ano, a de­man­da pas­sa­da pe­la pro­mo­to­ria foi atu­ar nas es­co­las mu­ni­ci­pais e es­ta­du­ais de Ma­rin­gá. A fis­ca­li­za­ção tem um pla­ne­ja­men­to pa­ra o Pa­ra­ná to­do. O en­fo­que acon­te­ce de acor­do com a de­man­da.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.