Pre­fei­tu­ra li­ci­ta lo­te em 2013

O Diario do Norte do Parana - - CIDADES -

A Se­cre­ta­ria de As­sis­tên­cia So­ci­al e Ci­da­da­nia (Sasc) pre­ten­de con­cluir em de­zem­bro o le­van­ta­men­to dos me­tros li­ne­a­res de pi­so tá­til ne­ces­sá­ri­os pa­ra ga­ran­tir a aces­si­bi­li­da­de nos pré­di­os pú­bli­cos de Ma­rin­gá. O as­ses­sor téc­ni­co da Sasc, Is­ma­el Ro­ber­to Ba­tis­ta de Me­lo, afir­ma que a pri­o­ri­da­de se­rá o ae­ro­por­to, a ro­do­viá­ria, o ter­mi­nal ur­ba­no e a bi­bli­o­te­ca mu­ni­ci­pal.

Me­lo de­cla­ra que a pre­fei­tu­ra es­tu­da uma pa­dro­ni­za­ção do ali­nha­men­to do pi­so tá­til nas cal­ça­das das ru­as do Cen­tro. A re­gu­la­men­ta­ção pre­vê uma dis­tân­cia, en­tre a fai­xa de ori­en­ta­ção dos de­fi­ci­en­tes vi­su­ais e a fa­cha­da dos imó­veis. “Al­guns pro­pri­e­tá­ri­os de imó­veis re­for­mam as cal­ça­das e apro­vei­tam pa­ra co­lo­car o pi­so tá­til. O pro­ble­ma é que fal­ta pa­dro­ni­za­ção. Uns ado­tam oi­ten­ta cen­tí­me­tros do ali­nha­men­to pre­di­al. Ou­tros um metro e até 1,2 metro. Por is­so, fal­ta sequên­cia en­tre os es­ta­be­le­ci­men­tos”, ex­pli­ca. A su­ges­tão é de que o pa­drão fi­que em um metro.

O as­ses­sor téc­ni­co da Sasc afir­ma que “não se po­de bai­xar uma por­ta­ria e man­dar to­do mun­do cum­prir uma re­so­lu­ção des­se gê­ne­ro”. Ele res­sal­ta que se­rá re­co­men­da­da a pa­dro­ni­za­ção na ho­ra que o do­no do imó­vel for re­for­mar a cal­ça­da. “Nin­guém vai obri­gar a to­dos saí­rem que­bran­do cal­ça­das e ar­ru­mar. Acho que não é por aí. Mas a ten­dên­cia é que te­nha uma pa­dro­ni­za­ção”, acres­cen­ta.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.