Vi­o­lên­cia

O Diario do Norte do Parana - - OPINIÃO -

Foi re­al­men­te bru­tal ver uma me­ni­na de 17 anos es­fa­que­a­da, até com gol­pes na ca­be­ça, por um ra­paz que te­ria si­do re­jei­ta­do por ela. Matar uma pes­soa a fa­ca­das e pau­la­das com cer­te­za não é coi­sa de gen­te nor­mal. Mas tam­bém é de se ques­ti­o­nar o com­por­ta­men­to do amon­to­a­do de pes­so­as que pa­ra­ram pa­ra ver o cor­po nu, en­san­guen­ta­do, es­ten­di­do no meio da rua em um bair­ro de Pai­çan­du. Pa­re­ce ce­na de fim de mun­do. (Ado­les­cen­te é mor­ta a fa­ca­das em Pai­çan­du – Re­gião, pág. A7, 4/12) da­ni­fi­cam cre­che – Ci­da­des, pág. A6, 4/12). Co­mo po­de al­guém ser tão pe­que­no a pon­to de in­va­dir um pa­trimô­nio pú­bli­co e des­truí-lo? É coi­sa de ani­mal, não de gen­te.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.