Pró­xi­mos

A pi­a­nis­ta Eu­la Fer­rer e o pi­a­nis­ta Hi­de­ral­do Luiz Gros­so se apre­sen­tam ama­nhã, pe­lo Con­vi­te à Mú­si­ca, com es­treia de pro­gra­ma mu­si­cal de Ru­bins­tein

O Diario do Norte do Parana - - O DIÁRIO DO NORTE DO PARANÁ - Ana Lui­za Ver­zo­la

ana­ver­zo­la@odi­a­rio.com En­tre um con­cer­to e ou­tro que as­sis­tia em Cu­ri­ti­ba, o pi­a­nis­ta ma­rin­ga­en­se Hi­de­ral­do Luiz Gros­so pas­sou a ob­ser­var o ta­len­to da tam­bém pi­a­nis­ta Eu­la Fer­rer. Fez con­ta­to, apro­xi­mou-se e en­tão veio o con­vi­te pa­ra di­vi­di­rem o pal­co em apre­sen­ta­ções di­ver­sas. Is­so foi há apro­xi­ma­da­men­te cin­co anos, e a par­ce­ria pa­re­ce ter da­do cer­to: os dois to­cam ama­nhã em Ma­rin­gá, no au­di­tó­rio Lu­za­mor, a par­tir das 21h, com en­tra­da gra­tui­ta.

“Te­mos uma sé­rie de obras es­tu­da­das, ana­li­sa­das e en­sai­a­das. Quan­do é épo­ca de a gen­te se apre­sen­tar, es­co­lhe­mos des­se re­per­tó­rio o que já tra­ba­lha­mos”, con­ta Gros­so. A du­pla abre o con­cer­to com “Val­sas Op. 39”, do com­po­si­tor ale­mão Johan­nes Brahms (1833-1897), se­gui­do da “So­na­ta em Ré Mai­or Op. 89”, do rus­so An­ton Ru­bins­tein (18291894) – a es­co­lha é uma es­treia da du­pla, que es­tu­da o au­tor há qua­tro me­ses e nun­ca se apre­sen­tou com es­se pro­gra­ma mu­si­cal.

Eu­la mo­ra em Cu­ri­ti­ba, on­de, de 15 em 15 di­as, Gros- so, que mo­ra em Ma­rin­gá e di­ri­ge a Es­co­la de Mú­si­ca da UEM, vai pa­ra re­a­li­zar al­guns tra­ba­lhos – são nes­ses en­con­tros que eles cos­tu­mam en­sai­ar pa­ra as apre­sen­ta­ções. Ape­sar do des­lo­ca­men­to, o pi­a­nis­ta não re­cla­ma. “Fa­ço ques­tão de man­ter os en­sai­os e a par­ce­ria. É uma afi­ni­da­de mui­to im­por­tan­te que te­mos e tem da­do cer­to”, ob­ser­va.

Uma das ca­rac­te­rís­ti­cas que par­ti­lham é o pro­fun­do en­ten­di­men­to de mú­si­ca. Eu­la é for­ma­da em Pi­a­no pe­la Es­co­la Su­pe­ri­or de Mú­si­ca e Be­las Ar­tes do Pa­ra­ná, aper­fei­ço­an­do-se em São Pau­lo, por on­de atu­ou du­ran­te cin­co anos na ci­da­de de Ta­tuí. É tam­bém di­re­to­ra do Lau­da­te Cen­tro de Mú­si­ca na ca­pi­tal pa­ra­na­en­se des­de 1997. Já ele se for­mou em Pi­a­no pe­lo Con­ser­va­tó­rio Mu­si­cal Car­los Go­mes e pe­la Uni­ver­si­da­de Es­ta­du­al de Cam­pi­nas (Uni­camp). É mes­tre pe­la Uni­ver­si­da­de Fe­de­ral do Rio Gran­de do Sul (UFRGS) e dou­tor em Mú­si­ca pe­la Uni­camp.

Es­tu­do e car­rei­ra

Es­sa aten­ção da­da ao es­tu­do é de­ter­mi­nan­te pa­ra o su­ces­so da car­rei­ra dos mú­si­cos, con­si­de­ra. “Acho que o es­tu­do é al­go con­tí­nuo, sau­dá­vel. Nós, que va­mos pa­ra o pal­co, te­mos es­sa ne­ces­si­da­de de es­tar em for­ma. Sem­pre pre­zei pe­la con­tí­nua pre­sen­ça em sa­la de au­la tan­to co­mo pro­fes­sor quan­to alu­no, no ban­co da uni­ver­si­da­de”, des­ta­ca ele. No pa­pel de pro­fes­sor, Gros­so acre­di­ta que o es­pa­ço ofe­re­ci­do pe­lo Con­vi­te à Mú­si­ca apro­xi­ma alu­nos e pro­fes­so­res da ar­te. “São opor­tu­ni­da­des que os alu­nos têm de con­ví­vio com pro­fis­si­o­nais da área mu­si­cal. Eles ama­du­re­cem a ca­pa­ci­da­de de apre­en­são do con­teú­do e do en­ten­di­men­to a res­pei­to da mú­si­ca”, diz.

A in­te­ra­ção en­tre os pró­pri­os alu­nos é ou­tro fa­tor que o pro­je­to con­tri­bui. Co­or­de­nan­do a Es­co­la de Mú­si­ca da UEM, com tur­mas de 40 a 50 alu­nos, o pi­a­nis­ta se pre­o­cu­pa com a atu­al for­ma­ção mu­si­cal dos jo­vens. “A ju­ven­tu­de pre­ci­sa de opor­tu­ni­da­des pa­ra gos­tar da­qui­lo que não é de fá­cil aces­so. Nos­so gran­de de­sa­fio é dar es­sa chan­ce pa­ra de­sen­vol­ver o gos­to de­les pe­la ar­te, pe­lo que não é con­ven­ci­o­nal, ba­nal e co­mer­ci­al”, afir­ma. E as­sis­tir à apre­sen­ta­ção de Eu­la e Gros­so ama­nhã, no Con­vi­te à Mú­si­ca, é uma des­sas opor­tu­ni­da­des.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.