In­di­ca­do­res mos­tram que­da na vi­o­lên­cia em Ma­rin­gá

MA­PA DO CRI­ME Le­van­ta­men­to men­sal de O Diá­rio apon­ta re­du­ção em qua­se to­dos os ti­pos de cri­me em no­vem­bro, no com­pa­ra­ti­vo com o mês an­te­ri­or e com o mes­mo pe­río­do do ano pas­sa­do

O Diario do Norte do Parana - - ZOOM - Leonardo Fi­lho

Sus­to

le­o­nar­do­fi­lho@odi­a­rio.com Os in­di­ca­do­res de vi­o­lên­cia em Ma­rin­gá apre­sen­ta­ram, no mês de no­vem­bro, le­ve que­da em pra­ti­ca­men­te to­dos os ti­pos de cri­me, no com­pa­ra­ti­vo com ou­tu­bro. A úni­ca mo­da­li­da­de em que não hou­ve re­du­ção foi a de rou­bo a pes­soa. E a atu­a­ção dos cri­mi­no­sos tem se con­cen­tra­do em dois pon­tos im­por­tan­tes e de gran­de mo­vi­men­to na ci­da­de. Na com­pa­ra­ção com no­vem­bro de 2011, tam­bém hou­ve re­du­ção em qua­se to­dos os in­di­ca­do­res.

Se­gun­do o Ma­pa do Cri­me - le­van­ta­men­to fei­to des­de 2008 por O Diá­rio com ba­se em da­dos for­ne­ci­dos pe­las po­lí­ci­as Ci­vil e Mi­li­tar (PM) -, 38,89% dos as­sal­tos em no­vem­bro acon­te­ce­ram no cen­tro e na Zo­na 7. E os nú­me­ros são mo­ti­vo de pre­o­cu­pa­ção pa­ra a po­lí­cia, prin­ci­pal­men­te com a al­ta no mo­vi­men­to em de­zem­bro por con­ta das fes­tas de fim de ano.

So­men­te no co­mér­cio, de acor­do com es­ti­ma­ti­vas do Sin­di­ca­to do Co­mér­cio Va­re­jis­ta de Ma­rin­gá (Si­va­mar), o mo­vi­men­to de­ve au­men­tar en­tre 50 e 60%.

Pa­ra ten­tar re­du­zir a cri­mi­na­li­da­de e dar mais se­gu­ran­ça aos co­mer­ci­an­tes e con­su­mi­do­res, a apos­ta da po­lí­cia é no pa­tru­lha­men­to cons­tan­te nas ru­as e ave­ni­das mais mo­vi­men­ta­das da ci­da­de. Se­gun­do a Po­lí­cia Mi­li­tar (PM), o tra­ba­lho se­rá fei­to si­mul­ta­ne­a­men­te em vá­ri­os pon­tos da ci­da­de.

Des­de o iní­cio da Ope­ra­ção Na­tal, no co­me­ço de de­zem­bro, po­li­ci­ais que atu­am no ser­vi­ço in­ter­no do 4º Ba­ta­lhão da PM tam­bém es­tão in­do às ru­as. O efe­ti­vo da Es­co­la de For­ma­ção, Aper­fei­ço­a­men­to e Es­pe­ci­a­li­za­ção de Pra­ças (Es­fa­ep) de Ma­rin­gá es­tá sen­do igual­men­te uti­li­za­do. A es­tu­dan­te de Edu­ca­ção Fí­si­ca da Uni­ver­si­da­de Es­ta­du­al de Ma­rin­gá (UEM) Ana Car­la foi uma das ví­ti­mas do mês de no­vem­bro. Ela vol­ta­va pa­ra a ca­sa na Rua Pro­fes­sor Ita­mar Or­lan­do So­a­res, na Zo­na 7, quan­do foi ví­ti­ma de rou­bo. “Eram dois la­drões em uma mo­to. Le­va­ram uma bol­sa com um no­te­bo­ok e uma má­qui­na fo­to­grá­fi­ca. Um de­les me apon­tou uma fa­ca e ti­ve que en­tre­gar a bol­sa”, des­cre­veu.

A po­lí­cia foi cha­ma­da, mas os cri­mi­no­sos con­se­gui­ram fu­gir. Após o as­sal­to, a ro­ti­na da es­tu­dan­te mu­dou. Ho­je ela evi­ta an­dar so­zi­nha, prin­ci­pal­men­te na vol­ta pa­ra ca­sa. “Já ou­vi ou­tros ca­sos pró­xi­mos à uni­ver­si­da­de. To­do mun­do an­da com um cer­to re­ceio.”

Ou­tra ví­ti­ma da vi­o­lên­cia foi a es­tu­dan­te de Di­rei­to Ân­ge­la Sam­paio. O cri­me acon­te­ceu na Ave­ni­da Pa­ra­ná, pró­xi­mo ao cru­za­men­to com a Ave­ni­da Co­lom­bo. “Per­di um ce­lu­lar e di­nhei­ro. O sus­to foi gran­de. Pa­re­cia que o la­drão es­ta­va dro­ga­do. Fi­quei com mui­to me­do”, lem­brou.

O jo­vem se­quer re­gis­trou o ca­so na po­lí­cia, mas tam­bém é ou­tro que se viu obri­ga­do a mu­dar a ro­ti­na. “Quan­do che­go em ca­sa (na Zo­na 7), ob­ser­vo to­dos os la­dos pa­ra ver se tem al­guém. Ou­vi ca­sos de rou­bo as­sim por aqui”.

João Cláudio Fra­go­so

Po­li­ci­ais no cen­tro de Ma­rin­gá; ações in­ten­si­fi­ca­das no fim do ano

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.