Cur­vas que qua­se che­ga­ram a Ma­rin­gá

Os­car Ni­e­meyer de­sen­vol­veu pro­je­to pa­ra o No­vo Cen­tro, mas tra­ba­lho não foi co­lo­ca­do em prá­ti­ca por cau­sa da crise no País na dé­ca­da de 80

O Diario do Norte do Parana - - ZOOM - Ru­bia Pi­men­ta

odi­a­rio.com O No­vo Cen­tro de Ma­rin­gá po­de­ria ter uma “ca­ra” bem di­fe­ren­te - e com uma as­si­na­tu­ra da mais al­ta gri­fe. Em 1985, Os­car Ni­e­meyer cri­ou um pro­je­to ba­ti­za­do de “Ágo­ra”, que pre­via, en­tre as ave­ni­das São Pau­lo e Pa­ra­ná, um cal­ça­dão, jar­dins e três su­per­qua­dras com tor­res de 40 an­da­res, pre­ser­van­do a es­ta­ção fer­ro­viá­ria. A Ágo­ra iria ocu­par uma área de 206,6 mil m , que era uti­li­za­da co­mo pá­tio de ma­no­bras da re­de fer­ro­viá­ria.

O pro­je­to foi con­tra­ta­do pe­lo pre­fei­to à épo­ca, Said Fer­rei­ra. O en­tão di­re­tor da Ur­ba­ni­za­ção de Ma­rin­gá S/A (Ur­ba­mar), Ricardo Bar­ros (atu­al se­cre­tá­rio de Es­ta­do de In­dús­tria, Co­mér­cio e As­sun­tos do Mer­co­sul), lem­bra exa­ta­men­te co­mo foi o pro­ces­so. “Nós es­tá­va­mos en­car­re­ga­dos de re­a­li­zar as mu­dan­ças na­que­la re­gião. Jun­to com a cons­tru­tu­ra Men­des Jú­ni­or, que ven­ceu a li­ci­ta­ção pa­ra a re­a­li­za­ção das obras, con­tra­ta­mos a pro­pos­ta do Ni­e­meyer.” O pro­je­to pre­via tor­res co­mer­ci­ais e re­si­den­ci­ais, áre­as ver­des, um te­a­tro e uma bi­bli­o­te- ca em for­ma de um li­vro aber­to.

Con­for­me Bar­ros, a ideia só não foi con­cre­ti­za­da por con­ta de cri­ses po­lí­ti­cas e econô­mi­cas que as­so­la­vam o Bra­sil.

“Não ha­via mer­ca­do pa­ra o em­pre­en­di­men­to. No iní­cio dos anos 80, quan­do o pro­je­to foi re­a­li­za­do, exis­tia um am­bi­en­te fa­vo­rá­vel, mas no fim da dé­ca­da o País foi as­so­la­do pe­la in­fla­ção, e pos­te­ri­or­men­te, com o con­fis­co das pou­pan­ças pe­lo Col­lor, a obra se tor­nou in­viá­vel eco­no­mi­ca­men­te.”

Em 1993, du­ran­te o se­gun­do man­da­to, Said re­sol­veu pôr fim ao pro­je­to. “Hou­ve uma gran­de dis­tri­bui­ção de lo­tes, e o re­sul­ta­do é o que te­mos ho­je: vá­ri­os pré­di­os, co­la­dos um no ou­tro. “Foi uma gran­de per­da pa­ra a ci­da­de. Ho­je te­ría­mos um car­tão pos­tal pa­ra o mun­do” A in­ten­ção era va­lo­ri­zar o ter­re­no, co­mo de fa­to acon­te­ceu”, des­cre­ve Bar­ros.

O se­cre­tá­rio la­men­ta o fa­to de Ma­rin­gá ter per­di­do a opor­tu­ni­da­de de co­lo­car o pro­je­to de Ni­e­meyer em prá­ti­ca. “Foi uma gran­de per­da pa­ra a ci­da­de. Ho­je te­ría­mos um car­tão pos­tal pa­ra o mun­do.”

Ain­da se­gun­do Bar­ros, a Pre­fei­tu­ra de Ma­rin­gá so­nha co- lo­car em prá­ti­ca uma pe­que­na par­te do pro­je­to: a bi­bli­o­te­ca. “A ideia é cons­truí-la on­de ho­je es­tão os es­ta­ci­o­na­men­tos do No­vo Cen­tro.” O pre­fei­to Sil­vio Bar­ros (PP) con­tou que há 2 anos es­te­ve reu­ni­do com o ar­qui­te­to e fi­cou sur­pre­so com a res­pos­ta.

“Ele afir­mou que o pro­je­to era ve­lho e não te­ria in­te­res­se em dar con­ti­nui­da­de. Ele tam- bém se re­cu­sou a apro­vei­tar a ape­nas par­te do pro­je­to con­ce­bi­do à épo­ca”, con­ta.

Mes­mo com a ne­ga­ti­va, a pre­fei­tu­ra não des­car­ta ne­go­ci­ar a ideia do pro­je­to da bi­bli­o­te­ca com os her­dei­ros. “Qu­em sa­be eles nos au­to­ri­zam a dar con­ti­nui­da­de e a de­sen­vol­ver es­te pro­je­to, que é mui­to bo­ni­to. A ci­da­de gos­ta­ria de ter es­ta mar­ca”, afir­ma.

Ni­e­meyer de­se­nhou ape­nas o vo­lu­me do pré­dio, que ain­da de­pen­de­ria da con­clu­são do pro­je­to pa­ra ser cons­truí­do .

Vi­si­ta

Ni­e­meyer veio pa­ra Ma­rin­gá em 1992 pa­ra par­ti­ci­par de um con­gres­so in­ter­na­ci­o­nal de ur­ba­nis­mo. “Co­mo ele mor­ria de me­do de avião, veio do Rio de Ja­nei­ro pa­ra cá de car­ro. Ni­e­meyer es­te­ve pre­sen­te na inau­gu­ra­ção do tre­cho da Ave­ni­da Her­val en­tre a Ta­man­da­ré e a Pru­den­te de Mo­ra­es, on­de an­tes exis­tia o mu­ro da fer­ro­viá­ria”, lem­bra Ricardo Bar­ros, que des­cre­veu o ar­qui­te­to co­mo “uma pes­soa mui­to sim­ples e tra­ba­lha­do­ra”.

Fábio Mot­ta/ae

Ar­qui­vo DNP

Ni­e­meyer em Ma­rin­gá; “Ágo­ra” pa­ra o cen­tro da ci­da­de

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.