Brin­ca­dei­ra não tem ida­de

O Diario do Norte do Parana - - CIDADES -

Há cer­tas coi­sas na vi­da que a gen­te con­si­de­ra im­por­tan­tes. Che­ga uma ho­ra, ou ida­de, que co­me­ça­mos a nos pre­o­cu­po­ar de­mais, nos co­brar de­mais, cri­a­mos ex­pec­ta­ti­vas de­mais e, com elas, frus­tra­ções de­mais. Che­ga uma ho­ra que con­fun­di­mos o que so­mos com o que te­mos ou qu­e­re­mos. Quan­do che­ga es­sa ho­ra, olhe no re­ló­gio do tem­po e pro­cu­re, no re­fle­xo da bo­la de sa­bão, o sor­ri­so per­di­do. Cha­me seu fi­lho ou fi­lha, ca­so te­nha, a na­mo­ra­da (o), ami­ga (o), o pai ou a mãe, dei­xe­se le­var, acei­te a xí­ca­ra de chá do co­e­lho, pense em coi­sas im­pos­sí­veis, corra des­cal­ço na gra­ma, não pou­pe gar­ga­lha­das, bei­jos e abra­ços. Lem­bre-se: a cri­an­ça es­tá den­tro de vo­cê. E a cha­ve es­tá na sua mão.

Ra­fa­el Sil­va

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.