Ir­mãs vão dei­xar Al­ber­gue San­ta Lui­za de Ma­ril­lac

O Diario do Norte do Parana - - CIDADES - Ivy Val­sec­chi

ivy­val­sec­chi@odi­a­rio.com Após 53 anos de tra­ba­lho no Al­ber­gue San­ta Lui­za de Ma­ril­lac, as ir­mãs da Com­pa­nhia das Fi­lhas da Ca­ri­da­de de São Vi­cen­te de Pau­lo vão dei­xar a en­ti­da­de. O mo­ti­vo ale­ga­do é fal­ta de com­pa­ti­bi­li­da­de com a ad­mi­nis­tra­ção. Atu­al­men­te, três ir­mãs tra­ba­lham no al­ber­gue – uma morreu e ou­tra foi em­bo­ra há 3 me­ses.

Se­gun­do a ir­mã su­pe­ri­o­ra Maria Men­des, sem­pre hou­ve pro­ble­mas com a ad­mi­nis­tra­ção. “A de­ci­são foi to­ma­da após uma re­vi­são de obras, que abor­dou a ne­ces­si­da­de de per­ma­nên­cia das ir­mãs no al­ber­gue. Além dis­so, ti­ve­mos o aval da Ca­sa Mãe das Fi­lhas da Ca­ri­da­de, com se­de em Pa­ris. Foi uma so­ma­tó­ria de di- ver­sas ques­tões. Mas não tem na­da a ver com as­sun­tos re­li­gi­o­sos, pois nes­se sen­ti­do sem­pre ti­ve­mos to­tal li­ber­da­de.” Se­gun­do a ir­mã, os mo­ti­vos pa­ra o de­sen­ten­di­men­to com a ad­mi­nis­tra­ção só se­rão re­ve­la­dos na pró­xi­ma sex­ta-fei­ra.

As re­li­gi­o­sas dei­xa­rão o al­ber­gue no sá­ba­do de ma­nhã, bus­ca­das por su­pe­ri­o­res da Ca­sa Pro­vin­ci­al da Fi­lhas da Ca­ri­da­de. Uma se­gui­rá pa­ra a Áfri­ca pa­ra tra­ba­lhar em mis­sões. Ou­tra se de­di­ca­rá à rein­ser­ções so­ci­ais no Rio Gran­de do Sul. A ir­mã Maria vai pa­ra a Ca­sa Pro­vin­ci­al em Cu­ri­ti­ba.

Se­gun­do ela, o tra­ba­lho no al­ber­gue con­sis­te em apoio es­pi­ri­tu­al e ini­ci­a­ção cris­tã. “Nos­so ca­ris­ma es­tá em con­tri­buir com a re­cu­pe­ra­ção das pes- so­as, pois a mai­o­ria é usuá­ria de dro­gas ou tem en­vol­vi­men­to com o cri­me.” A ad­mi­nis­tra­ção foi pro­cu­ra­da pa­ra co­men­tar o as­sun­to, mas não foi en­con­tra­da pe­la re­por­ta­gem até o fe­cha­men­to des­ta edi­ção.

O al­ber­gue foi fun­da­do em 27 de mar­ço de 1959 pe­lo 1° ar­ce­bis­po de Ma­rin­gá, Dom Jai­me Luiz Co­e­lho. Tra­ta-se de uma ca­sa de pas­sa­gem, man­ti­da por do­a­ções, que abri­ga pes­so­as em si­tu­a­ção de vul­ne­ra­bi­li­da­de so­ci­al por um cur­to pe­río­do, pa­ra depois, de acor­do com ca­da ca­so, en­ca­mi­nhá-las pa­ra a re­de de saú­de ou rein­te­grá-las ao con­ví­vio fa­mi­li­ar. O lo­cal re­a­li­za 150 aten­di­men­tos por dia. A pre­fei­tu­ra re­pas­sa R$ 16 mil por mês. Não haverá pre­juí­zos nos ser­vi­ços pres­ta­dos com a saí­da das re­li­gi­o­sas.

João Claudio Fra­go­so

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.