Três pes­so­as mor­tas a ti­ros e fa­ca­da em 24 h

‘Ma­lo­te’

O Diario do Norte do Parana - - CIDADES - Ro­ber­to Sil­va

rsil­va@odi­a­rio.com A Po­lí­cia Ci­vil de Ma­rin­gá in­ves­ti­ga o as­sas­si­na­to do de­sem­pre­ga­do Ro­dri­go Amân­cio de Oli­vei­ra, 22 anos, co­nhe­ci­do co­mo “Mu­chi­to”, mor­to no do­min­go à noi­te. Sur­pre­en­di­do por dois ho­mens que ocu­pa­vam um veí­cu­lo de cor pre­ta, Oli­vei­ra foi exe­cu­ta­do com 13 ti­ros de pis­to­la ca­li­bre 9 mm, a mai­o­ria na ca­be­ça e pei­to.

O cri­me ocor­reu por vol­ta das 22 ho­ras, na Rua José Mo­res­chi, Jar­dim Di­a­man­te, zo­na nor­te da ci­da­de. Oli­vei­ra, que uti­li­za­va uma mo­to Hon­da 150, es­ta­va pa­ra­do em fren­te a uma ca­sa, con­ver­san­do com du­as mu­lhe­res, quan­do dois ho­mens que ocu­pa­vam um Cor­sa ou Gol pre­to pa­ra­ram ao la­do e co­me­ça­ram a ati­rar.

Um mo­ra­dor do bair­ro con­tou à po­lí­cia que viu Oli­vei­ra con­ver­san­do com du­as mo­ra­do­ras do lo­cal an­tes de ser mor­to e que tam­bém já o te­ria vis­to ou­tras ve­zes na na­que­le lo­cal. No en­tan­to, as tes­te­mu­nhas não fo­ram lo­ca­li­za­das na re­si­dên­cia. Uma ou­tra mo­ra­do­ra da ca­sa tentou des­vi­ar o fo­co da in­ves­ti­ga­ção, di­zen­do à po­lí­cia que a ví­ti­ma ha­via pa­ra­do no lo­cal ape­nas pa­ra per­gun­tar so­bre um en­de­re­ço. Ou­tra tes­te­mu­nha – cu­jo no­me es­tá sen­do man­ti­do em si­gi­lo - con­fi­den­ci­ou que Oli­vei­ra fa­zia “cor­res” (trans­por­te de dro­gas). A Po­lí­cia Ci­vil con­fir­mou que Oli­vei­ra es­te­ve en­vol­vi­do com o trá­fi­co quan­do era ado­les­cen­te. Apon­ta­do co­mo lí­der do trá­fi­co na Vi­la Mo­ran­guei­ra, em Ma­rin­gá, Renato Apa­re­ci­do Fá­va­ro, 20 anos, co­nhe­ci­do co­mo “Ma­lo­te”, foi mor­to a ti­ros na ma­dru­ga­da de sá­ba­do, no Jar­dim Di­as, zo­na nor­te da ci­da­de. O cri­me acon­te­ceu por vol­ta das 5 ho­ras, na Ave­ni­da Mo­ran­guei­ra. A ví­ti­ma já ti­nha so­fri­do um aten­ta­do em 2010 e era in­ves­ti­ga­da por sus­pei­ta de en­vol­vi­men­to com o trá­fi­co, aten­ta­dos e ho­mi­cí­di­os.

Pas­si­o­nal

Alek­san­dro Bon­fim, 29 anos, foi mor­to com uma fa­ca­da, sá­ba­do pe­la ma­nhã, no in­te­ri­or de um bar no Con­jun­to Re­quião, zo­na nor­te da ci­da­de. O cri­me – que te­ria mo­ti­va­ção pas­si­o­nal – foi co­me­ti­do pe­la com­pa­nhei­ra da ví­ti­ma, que es­tá fo­ra­gi­da.

Bon­fim es­ta­va no bar, que fi­ca na Ave­ni­da Fran­klin De­la­no Ro­o­se­velt, be­ben­do na com­pa­nhia de uma mu­lher - cu­ja iden­ti­da­de não foi di­vul­ga­da - quan­do a com­pa­nhei­ra che­gou ao es­ta­be­le­ci­men­to, por vol­ta das 6h40.

Ao fla­grar o com­pa­nhei­ro ao la­do de ou­tra, a mu­lher des­fe­riu uma fa­ca­da na re­gião lom­bar de Bon­fim, que caiu mor­tal­men­te fe­ri­do. A agres­so­ra fu­giu an­tes da che­ga­da da po­lí­cia.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.