DIAADIA

O Diario do Norte do Parana - - CIDADES -

Fi­nal

An­tes, na quin­ta­fei­ra, os atu­ais ve­re­a­do­res re­a­li­zam a úl­ti­ma ses­são da atu­al le­gis­la­tu­ra –em­bo­ra pos­sam re­tor­nar pa­ra ses­sões ex­tra­or­di­ná­ri­as, co­mo tra­di­ci­o­nal­men­te o pre­fei­to Sil­vio Bar­ros con­vo­ca.

Ex­pul­são

Na úl­ti­ma sex­ta­fei­ra He­lio Reis e Wil­li­am Mo­ta fo­ram ex­pul­sos da Po­lí­cia Mi­li­tar de Ma­rin­gá.

Mo­ti­vo

Os dois fo­ram con­de­na­dos, ano pas­sa­do, em jú­ri po­pu­lar, a seis anos de re­clu­são pe­la mor­te do mar­gi­nal “Bes­tei­ri­nha”, em 1994.

Ten­são

A ex­pul­são dos dois dei­xou po­li­ci­ais, di­ga­mos, mui­to -- mas mui­to mes­mo – cha­te­a­dos, prin­ci­pal­men­te por­que am­bos es­ta­vam há mui­to tem­po na cor­po­ra­ção.

Aler­ta

Com o co­mér­cio aber­to à noi­te (até às 22h) é bom lem­brar que a ban­di­da­gem es­tá à sol­ta, pron­ta pra pe­gar os in­cau­tos.

Cui­da­dos

Não dei­xe pa­co­tes den­tro do veí­cu­lo; se pos­sí­vel use ape­nas car­tão, não car­re­gue mui­to di­nhei­ro; evi­te en­trar em seu car­ro se ele­men­tos sus­pei­tos es­ti­ve­rem por per­to.

Ras­tei­ra

So­bre a su­pe­ra­po­sen­ta­do­ria dos de­pu­ta­dos es­ta­du­ais, di­zem que há um en­re­do pre­pa­ra­do pa­ra que ela pas­se a va­ler, sem quei­mar a ca­ra de mui­tos.

Jus­ti­ça

O en­re­do é o se­guin­te: o pre­si­den­te da Alep, Val­dir Ros­so­ni, vai se ne­gar a as­si­nar a lei, que foi apro­va­da em ple­ná­rio em 2008. Al­guns de­pu­ta­dos vão en­trar na Jus­ti­ça con­tra a Me­sa Exe­cu­ti­va.

As­si­na­tu­ra

Es­te de­pu­ta­do ga­nha­rá a ques­tão. Daí, Ros­so­ni vai “mui­to brabo, mui­to con­tra­ri­a­do” as­si­nar o edi­tal e a su­pe­ra­po­sen­ta­do­ria pas­sa­rá a va­ler. Va­mos con­fe­rir se is­so vai mes­mo acon­te­cer.

Vi­ta­lí­cia

Com is­so, o de­pu­ta­do que se apo­sen­tar após cin­co man­da­tos de mui­to tra­ba­lho pe­lo po­vo, vai re­ce­ber R$ 17 mil por mês. Quan­do mor­rer, o va­lor pas­sa­rá aos seus fa­mi­li­a­res.

Cus­to

De ca­ra, a As­sem­bleia Le­gis­la­ti­va do Pa­ra­ná - -- ou se­ja, nós, os trou­xas con­tri­buin­tes --gas­ta­rá R$ 50 mi­lhões pa­ra pagar as pri­mei­ras su­pe­ra­po­sen­ta­do­ri­as, re­tro­a­ti­vas a 2008.

De­vo­lu­ção

Por ou­tro la­do, a Alep de­vol­ve­rá ao go­ver­no es­ta­du­al R$ 110 mi­lhões que eco­no­mi­zou ---ou re­ce­beu sem pre­ci­sar.

Me­do

A in­se­gu­ran­ça no Bra­sil to­do, in­clu­si­ve Ma­rin­gá, es­tá dei­xan­do o po­vo pa­ra­nói­co. Uma sim­ples cai­xa dei­xa­da na rua mo­bi­li­zou até o Es­qua­drão An­ti-Bom­bas de Cu­ri­ti­ba.

Su­jei­ra

O ce­mi­té­rio ma­rin­ga­en­se es­tá com mui­to li­xo, mui­to ma­to. So­men­te as

vi­as prin­ci­pais es­tão lim­pas.

Fi­nal

O STF pre­ten­de en­cer­rar o jul­ga­men­to do men­sa­lão ama­nhã. Nem os mi­nis­tros agüen­tam mais es­ta no­ve­la.

Crí­ti­cas

Fa­to iné­di­to, que nun­ca es­pe­rá­va­mos ver um dia: em seu twit­ter, o se­na­dor Re­quião cri­ti­cou seus ve­lhos com­pa­nhei­ros e fiéis es­cu­dei­ros, Um­ber­to Cris­pim e Miguel Gril­lo.

Na fi­la

Bra­si­lei­ro faz pi­a­da até em velório. José Sar­ney es­ta­va no velório do Os­car Ni­e­meyer em Brasília, quan­do um gai­a­to che­gou e o lem­brou: “É, Sar­ney, te­nha me­do, a fi­la an­dou...”

Úl­ti­ma

A ju­ven­tu­de se per­deu mes­mo. On­tem, em Cu­ri­ti­ba, um fa­to in­crí­vel: dois jo­vens sen­ta­ram-se em fren­te de um pré­dio e acen­de­ram um ba­se­a­do, fi­ca­ram fu­man­do ma­co­nha sem se im­por­tar com o en­tra e sai de pes­so­as. Não se­ria na­da, se o pré­dio não fos­se a De­le­ga­cia de Ho­mi­cí­di­os e qu­em en­tra­va e saia eram de­le­ga­dos. Apre­en­di­dos, le­va­ram uma bron­ca. Só.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.