Fal­ta de lá­tex faz pre­ço su­bir, mas pre­o­cu­pa os pro­du­to­res

A co­ta­ção da ma­té­ria pri­ma da bor­ra­cha, que já era boa, su­biu 8% no bi­mes­tre e o pro­du­to pas­sa a ser dis­pu­ta­do por mul­ti­na­ci­o­nais de for­ma con­si­de­ra­da pre­da­tó­ria

O Diario do Norte do Parana - - AGRONEGÓCIO - Ro­gé­rio Rec­co

O pre­ço do lá­tex da bor­ra­cha, que já era con­si­de­ra­do re­mu­ne­ra­dor, su­biu ain­da mais nas úl­ti­mas se­ma­nas, mas as li­de­ran­ças do se­tor es­tão apre­en­si­vas. No Es­ta­do de São Pau­lo, prin­ci­pal pro­du­tor na­ci­o­nal, res­pon­sá­vel por 60% da ofer­ta de lá­tex, a As­so­ci­a­ção Pau­lis­ta dos Pro­du­to­res e Be­ne­fi­ci­a­do­res de Bor­ra­cha ( Apa­bor) in­for­ma que as co­ta­ções são 8% mai­o­res no com­pa­ra­ti­vo com o úl­ti­mo bi­mes­tre.

O mo­ti­vo da pre­o­cu­pa­ção não é, ob­vi­a­men­te, o lu­cro ga­ran­ti­do. Co­mo a de­man­da su­pe­ra em mui­to a ofer­ta e, pa­ra com­pli­car, o cli­ma atra­pa­lhou o iní­cio da sa­fra 2012/ 13 em al­gu­mas re­giões, com­pra­do­res es­tão dis­pu­tan­do à ta­pa a ma­té­ria- pri­ma. Qu­em po­de mais, cho­ra me­nos.

A as­so­ci­a­ção es­tá pre­o­cu­pa­da com a atu­a­ção, que con­si­de­ra pre­da­tó­ria, da gi­gan­te mul­ti­na­ci­o­nal Mi­che­lin do Bra­sil. Por cau­sa da com­pa­nhia, que es­ta­ria ofe­re­cen­do van­ta­gem fi­nan­cei­ra aos pro­du­to­res, as pro­ces­sa­do­ras na­ci­o­nais ale­gam per­da de com­pe­ti­ti­vi­da­de.

“Che­ga a ser um pa­ra­do­xo re­cla­mar de pre­ços al­tos. Po­rém, te­mos que pen­sar no cres­ci­men­to sus­ten­tá­vel do se­tor”, afir­ma Wan­der­ley José Cas­si­a­no Sant’An­na, pre­si­den­te da Apa­bor. “A nos­sa pre­o­cu­pa­ção é o pre­juí­zo que po­de ser cau­sa­do no mé­dio pra­zo, es­pe­ci­al­men­te quan­to à con­cen­tra­ção do be­ne­fi­ci­a­men­to em pou­cas em­pre­sas”, diz ele, em tom de aler­ta.

Se­gun­do Sant’An­na, o ní­vel de par­ti­ci­pa­ção atu­al com­pro­me­te as mar­gens das pro­ces­sa­do­ras, não per­mi­tin­do a sua ca­pi­ta­li­za­ção.

Avan­ço

O cul­ti­vo de seringais tem avan­ça­do nos úl­ti­mos anos no Es­ta­do de São Pau­lo, im­pul­si­o­na­do pe­la ele­va­ção dos pre­ços no cam­po e pe­las pro­je­ções de de­man­da nas pró­xi- mas dé­ca­das. A área plan­ta­da pra­ti­ca­men­te do­brou, al­can­çan­do cer­ca de 80 mil hec­ta­res. Com is­so, a ex­pec­ta­ti­va é que a pro­du­ção es­ta­du­al mais que du­pli­que nos pró­xi­mos cin­co anos.

Pa­ra Sant’An­na, os efei­tos so­bre o seg­men­to pro­du­tor de bor­ra­cha na­tu­ral no mé­dio e lon­go pra­zo se tor­nam evi­den­tes quan­do se es­ta­be­le­ce um pa­ra­le­lo com a ci­tri­cul­tu­ra pau­lis­ta. O seg- men­to in­dus­tri­al de pro­ces­sa­men­to de su­co é, ho­je, con­tro­la­do por ape­nas três gran­des “players” – Ci­tro­su­co ( Fis­cher), Cu­tra­le e Drey­fus. “Re­si­de aí a pre­o­cu­pa­ção da Apa­bor”, fi­na­li­za.

Ar­qui­vo/dnp

Ex­tra­ção de lá­tex em pro­pri­e­da­de no in­te­ri­or de São Pau­lo, res­pon­sá­vel por 60% da pro­du­ção bra­si­lei­ra; Pa­ra­ná pla­ne­ja in­cen­ti­var seringais

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.