DEDO DE PROSA

O Diario do Norte do Parana - - AGRONEGÓCIO -

Ame­ri­ca­nos aqui

No dia 8 de ja­nei­ro, um gru­po for­ma­do por 13 es­tu­dan­tes de agro­no­mia da Uni­ver­si­da­de de Il­li­nois, nos Es­ta­dos Uni­dos, pas­sa por Ma­rin­gá com o acom­pa­nha­men­to de dois pro­fes­so­res. Ao vi­si­tar o Pa­ra­ná, o ob­je­ti­vo é co­nhe­cer um pou­co mais do agronegócio bra­si­lei­ro.

Eles es­co­lhe­ram

Os es­tu­dan­tes po­de­ri­am es­co­lher qual­quer ou­tro des­ti­no do mun­do. Mas, co­mo fu­tu­ros pro­fis­si­o­nais da área, pre­fe­ri­ram vir ao Bra­sil, um país que res­pei­tam jus­ta­men­te pe­lo seu gran­de po­ten­ci­al na pro­du­ção de ali­men­tos.

Sa­fra de grãos

A es­ti­ma­ti­va, fei­to nos úl­ti­mos di­as pe­lo go­ver­no fe­de­ral, de uma sa­fra de grãos de 180 mi­lhões de to­ne­la­das no País, na sa­fra 2012/13, vai de­pen­der de mui­ta chu­va pa­ra se con­fir­mar. Se­gun­do li­de­ran­ças, a cul­tu­ra da so­ja en­tra ago­ra em sua fa­se mais crí­ti­ca e pre­ci­sa de mui­ta água pa­ra a for­ma­ção das va­gens e en­chi­men­to de grãos.

Co­o­pe­ra­ti­vas

O se­tor co­o­pe­ra­ti­vis­ta do Pa­ra­ná de­ve fe­char o ano com fa­tu­ra­men­to ao re­dor de R$ 37 bi­lhões, um cres­ci­men­to de 12% a 15% so­bre 2011.

Va­ca lou­ca

Nos úl­ti­mos di­as, a pos­si­bi­li­da­de de um ca­so de do­en­ça da va­ca lou­ca no­ti­fi­ca­do no Pa­ra­ná em 2010 vi­rou po­lê­mi­ca em to­do o Es­ta­do e te­ve re­per­cus­são in­ter­na­ci­o­nal. O se­cre­tá­rio de Agri­cul­tu­ra e Abas­te­ci­men­to, Nor­ber­to Or­ti­ga­ra, con­fir­mou que um ani­mal do re­ba­nho pa­ra­na­en­se foi di­ag­nos­ti­ca­do com o agen­te pa­to­gê­ni­co que cau­sa a do­en­ça. No en­tan­to, a va­ca não morreu em ra­zão da do­en­ça. Es­sa po­si­ção re­for­ça a po­si­ção da no­ta ofi­ci­al di­vul­ga­da pe­lo Mi­nis­té­rio da Agri­cul­tu­ra.

Sem ris­cos

O que foi de­tec­ta­do é que o ani­mal pos­suía o agen­te cau­sa­dor da do­en­ça, po­rém, não a ma­ni­fes­tou e nem morreu por es­ta cau­sa. Se­gun­do o Mi­nis­té­rio da Agri­cul­tu­ra, o epi­só­dio não re­fle­te ris­co al­gum à saú­de pú­bli­ca ou à sa­ni­da­de ani­mal, con­si­de­ran­do que o ani­mal não morreu em fun­ção da re­fe­ri­da do­en­ça. E diz ain­da que Or­ga­ni­za­ção Mun­di­al de Saú­de Ani­mal, em comunicação ofi­ci­al, man­tém a clas­si­fi­ca­ção do Bra­sil co­mo país de ris­co in­sig­ni­fi­can­te pa­ra a do­en­ça.

Pre­juí­zo

In­de­pen­den­te de qual­quer coi­sa, o Ja­pão anun­ci­ou se­gun­da-fei­ra que de­ci­diu sus­pen­der a im­por­ta­ção de car­ne bra­si­lei­ra. Em 2011, aque­le

país com­prou 1.435 to­ne­la­das.

Me­nos ra­ções

A crise que atin­giu a avi­cul­tu­ra bra­si­lei­ra pre­ju­di­cou a pro­du­ção de ra­ções nes­te ano. Con­for­me es­ti­ma­ti­va di­vul­ga­da na sex­ta­fei­ra pe­lo Sin­di­ca­to Na­ci­o­nal da In­dús­tria de Ali­men­ta­ção Ani­mal, o Bra­sil ten­de a en­cer­rar es­te ano com uma pro­du­ção de 62 mi­lhões de to­ne­la­das de ra­ção em 2012, que­da de 3,4% so­bre as 64,5 mi­lhões de to­ne­la­das pro­du­zi­das em 2011. A avi­cul­tu­ra ab­sor­ve 55% da pro­du­ção na­ci­o­nal de ra­ções.

Po­ma­res pro­du­ti­vos

Os po­ma­res de la­ran­ja do Pa­ra­ná têm mais pro­du­ti­vi­da­de que os do Es­ta­do de São Pau­lo, dis­pa­ra­do o prin­ci­pal pro­du­tor na­ci­o­nal. Não é di­fí­cil en­con­trar ci­tri­cul­tor pa­ra­na­en­se co­lhen­do mais de mil cai­xas por hec­ta­re. No Es­ta­do vi­zi­nho, por fal­ta de tra­tos ade­qua­dos, a mé­dia não vai além de 600 cai­xas.

Per­da é gran­de

Ci­tri­cul­to­res pau­lis­tas de­vem ter per­da de 30 mi­lhões de cai­xas de la­ran­jas nes­ta sa­fra. A in­dús­tria de su­cos já re­du­ziu o rit­mo das com­pras, ape­sar de boa par­te do pro­du­to ain­da es­tar nos po­ma­res, se­gun­do os pro­du­to­res. “Ain­da há 30 mi­lhões de cai­xas pa­ra se­rem co­lhi­das, além de 15 mi­lhões que se per­de­ram”, dis­se o pre­si­den­te da As­so­ci­a­ção Bra­si­lei­ra de Ci­tri­cul­to­res, Flá­vio Viegas.

La­ran­ja da ca­sa

O pre­si­den­te da As­so­ci­a­ção Na­ci­o­nal dos Ex­por­ta­do­res de Su­cos Cí­tri­cos ne­ga atra­sos, mas re­co­nhe­ce que a pri­o­ri­da­de é pa­ra a la­ran­ja da pró­pria in­dús­tria. Ch­ris­ti­an Loh­bau­er es­ti­ma que já fo­ram pro­ces­sa­das 90% do to­tal pre­vis­to de 290 mi­lhões de cai­xas.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.