Exem­plo

O Diario do Norte do Parana - - OPINIÃO -

Sem­pre quan­do leio re­por­ta­gens re­fe­ren­tes a pes­so­as que têm cer­tas li­mi­ta­ções pa­ra a con­vi­vên­cia no dia a dia, co­mo al­gum pro­ble­ma fí­si­co, mas mes­mo as­sim não dei­xam a vi­da pa­rar, fi­co mui­to con­ten­te e ti­ro o chapéu, li­te­ral­men­te. Quan­do li nes­te O Diá­rio, do dia 2 de de­zem­bro, a ma­té­ria “Alegre por na­tu­re­za” (Ci­da­des, pág, A10, 2/12), não dei­xei en­tão de co­men­tar a ma­té­ria nes­te es­pa­ço. Pois o se­nhor Abel Bar­bo­sa, mes­mo li­mi­ta­do fi­si­ca­men­te, não ten­do o bra­ço di­rei­to de­vi­do a um aci­den­te que o dei­xou as­sim, é san­fo­nei­ro nas fei­ras liv­vres de do­min­go na Ave­ni­da Mauá. É uma pes­soa alegre, de sor­ri­so cons­tan­te, não dei­xan­do a tris­te­za o pe­gar. É so­men­te ale­gria... Is­so é im­por­tan­te, pois no dia a dia a gen­te sem­pre vê por aí pes­so­as fi­si­ca­men­te sau­dá­veis, mas que de tudo re­cla­mam e fa­zem “cor­po mo­le” pa­ra a vi­da, sem fa­zer na­da pa­ra con­tor­nar as si­tu­a­ções. Pa­ra­béns a Abel Bar­bo­sa. Mes­mo com tan­tos pro­ble­mas e so­fri­men­tos pe­los quais já pas­sou, não dei­xa de ser fe­liz! Is­so sim é co­ra­gem, que ser­ve de exem­plo pa­ra to­dos nós... res­pon­sa­bi­li­da­de es­ta­du­al e mu­ni­ci­pal, mas tam­bém do go­ver­no fe­de­ral? Es­tá na Cons­ti­tui­ção Fe­de­ral, Art. 144, que a se­gu­ran­ça pú­bli­ca é de­ver do Es­ta­do. Se é de­ver da União, não jus­ti­fi­ca a fal­ta de in­ves­ti­men­to pa­ra que as ca­dei­as pú­bli­cas bra­si­lei­ras não te­nham pa­drão hu­ma­no de re­ce­ber com dig­ni­da­de qual­quer ape­na­do.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.