Di­plo­ma­dos mi­ram Me­sa Di­re­to­ra

O Diario do Norte do Parana - - CIDADES - Mu­ri­lo Gat­ti

mgat­ti@odi­a­rio.com Depois de re­ce­ber a di­plo­ma­ção da Jus­ti­ça Elei­to­ral no sá­ba­do pas­sa­do, os ve­re­a­do­res elei­tos pa­ra a pró­xi­ma le­gis­la­tu­ra in­ves­tem ago­ra nas con­ver­sas e ne­go­ci­a­ções de bas­ti­do­res pa­ra de­fi­nir qu­em se­rá o no­vo pre­si­den­te da Câ­ma­ra Mu­ni­ci­pal de Ma­rin­gá. E o que não fal­tam são can­di­da­tos. Dos quin­ze elei­tos, oi­to ma­ni­fes­ta­ram in­te­res­se em dis­pu­tar o car­go, ho­je ocu­pa­do por Má­rio Hos­so­kawa (PMDB).

Ed­son Luiz Pe­rei­ra, o te­nen­te Ed­son (PMN), Flá­vio Vi­cen­te (PSDB), Francisco Go­mes dos Santos, o Chi­co Cai­a­na (PTB), Humberto Hen­ri­que (PT), Lu­ci­a­no Bri­to (PSB), Luiz Car­los Pe­rei­ra (PTC), Márcia So­crep­pa (PSDB) e Ulis­ses Maia (PP) que­rem as­su­mir a pre­si­dên­cia do Le­gis­la­ti­vo a par­tir de ja­nei­ro de 2013.

Maia, o mais vo­ta­do nas elei­ções (6,4 mil vo­tos), ava­lia que os on­ze ve­re­a­do­res elei­tos den­tro da ba­se do pre­fei­to elei­to Car­los Ro­ber­to Pu­pin (PP) vão pre­ci­sar che­gar a um con­sen­so pa­ra de­fi­nir o no­me do no­vo pre­si­den­te. “Pre­ci­sa­mos de oi­to vo­tos. Os par­ti­dos es­tão fa­zen­do reu­niões e há uma ten­dên­cia de de­li­be­ra­ção pa­ra fa­zer­mos uma co­a­li­zão com os on­ze”, afir­ma.

Por en­quan­to, nin­guém fa­la em abrir mão de tal chan­ce. “Sou can­di­da­to com o aval da exe­cu­ti­va do PSDB. Es­tou con­ver­san­do com os ou­tros ve­re­a­do­res, e acre­di­to que só va­mos sa­ber o ven­ce­dor no dia da vo­ta­ção”, diz Flá­vio Vi­cen­te. O no­vo pre­si­den­te vai ser elei­to na ses­são de pos­se, mar­ca­da pa­ra as 17 ho­ras do dia 1º de ja­nei­ro. Os ve­re­a­do­res tam­bém vão ele­ger o pri­mei­ro vi­ce-pre­si­den­te, o se­gun­do vi­ce, o pri­mei­ro e o se­gun­do se­cre­tá­ri­os.

“Te­nho pre­ten­são, mas te­mos um gru­po. Va­mos tra­ba­lhar pa­ra ele­ger o pre­si­den­te e pa­ra com­por­mos a Me­sa de for­ma ge­ral”, diz Cai­a­na. “Te­nho ex­pe­ri­ên­cia e vou dis­pu­tar sim. Que­ro tra­ba­lhar sem­pre em equi­pe, ou­vin­do as pes­so­as e evi­tan­do si­tu­a­ções di­fí­ceis pa­ra o Exe­cu­ti­vo e pa­ra o Le­gis­la­ti­vo”, afir­ma Márcia.

Dos oi­to can­di­da­tos, ape­nas Hen­ri­que foi elei­to den­tro da ba­se de apoio de Enio Ver­ri (PT), can­di­da­to der­ro­ta­do à pre­fei­to. Mes­mo três ali­a­dos na Ca­sa, ele sa­be que não se­rá fá­cil con­se­guir mais qua­tro vo­tos. “Vou con­ver­sar com os no­vos pa­ra ten­tar uma com­po­si­ção. De­fen­do a Câ­ma­ra co­mo um poder in­de­pen­den­te, e não co­mo um bra­ço do Exe­cu­ti­vo”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.