Mor­te de can­to­ra se­rá rein­ves­ti­ga­da

O Diario do Norte do Parana - - O DIÁRIO DO NORTE DO PARANÁ - Folhapress

re­da­cao@odi­a­rio.com A mor­te da can­to­ra Amy Wi­nehou­se se­rá in­ves­ti­ga­da no­va­men­te por um le­gis­ta em ja­nei­ro do ano que vem, depois de o pri­mei­ro pro­ces­so ser in­va­li­da­do ao se cons­ta­tar que a juí­za não ti­nha as qua­li­fi­ca­ções ne­ces­sá­ri­as. Um por­ta- voz do con­se­lho do bair­ro lon­dri­no de Cam­den, on­de vi­via a ar­tis­ta bri­tâ­ni­ca, dis­se on­tem que o no­vo inqué­ri­to te­rá iní­cio em 8 de ja­nei­ro e vai bus­car esclarecer as cir­cuns­tân­ci­as da mor­te de Amy, aos 27 anos.

A pri­mei­ra in­ves­ti­ga­ção da mor­te da in­tér­pre­te de “Back to Black” foi di­ri­gi­da por Su­zan­ne Gre­enway, que, em ou­tu­bro, de­ter­mi­nou ter se tra­ta­do de um aci­den­te de­vi­do ao con­su­mo ex­ces­si­vo de ál­co­ol. Em no­vem­bro de 2011, Gre­enway, nas­ci­da na Aus­trá­lia, re­nun­ci­ou após ter si­do di­vul­ga­do que ela não ti­nha a ex­pe­ri­ên­cia ne­ces­sá­ria pa­ra co­man­dar o ca­so no Rei­no Uni­do.

Amy Wi­nehou­se, uma das ar­tis­tas mais pro­mis­so­ras do mun­do da mú­si­ca, foi en­con­tra­da mor­ta em seu apar­ta­men­to em Cam­den no dia 23 de ju­lho de 2011, após uma lon­ga ba­ta­lha con­tra o ál­co­ol e dro­gas.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.