DEDO DE PROSA

O Diario do Norte do Parana - - AGRONEGÓCIO -

Alí­vio ge­ral

A tem­po­ra­da de chu­vas trou­xe alí­vio aos pro­du­to­res de so­ja, que es­pe­ram as­sim fe­char 2012 no mais al­to as­tral e já na ex­pec­ta­ti­va de uma boa sa­fra. Foi um ano de pre­ços aci­ma da mé­dia, com mui­tas opor­tu­ni­da­des de ga­nhos.

Mais so­ja

A sa­fra de so­ja do Bra­sil da tem­po­ra­da 2012/13 foi es­ti­ma­da em um re­cor­de de 82,2 mi­lhões de to­ne­la­das, um li­gei­ro cres­ci­men­to an­te a pre­vi­são de no­vem­bro, de acor­do com pes­qui­sa re­a­li­za­da pe­la con­sul­to­ria AgRu­ral di­vul­ga­da na se­gun­da-fei­ra. No le­van­ta­men­to de no­vem­bro, a con­sul­to­ria ha­via pre­vis­to uma sa­fra de 81,9 mi­lhões de to­ne­la­das. A pro­du­ti­vi­da­de mé­dia da sa­fra foi cal­cu­la­da em 49,1 sa­cas por hec­ta­re.

Área re­cor­de

A se con­fir­mar a pre­vi­são, o Bra­sil po­de­rá ter um cres­ci­men­to de 24% na sa­fra, na com­pa­ra­ção com a re­gis­tra­da na tem­po­ra­da pas­sa­da, quan­do a se­ca afe­tou os cul­ti­vos no Sul do Bra­sil. Além dis­so, a pre­vi­são tem co­mo ba­se uma área plan­ta­da tam­bém re­cor­de, de 27,9 mi­lhões de hec­ta­res, cres­ci­men­to de 11% an­te a tem­po­ra­da pas­sa­da, com pro­du­to­res sen­do es­ti­mu­la­dos a plan­tar e a in­ves­tir nas la­vou­ras di­an­te de pre­ços re­cor­des da ole­a­gi­no­sa.

Eco­no­mia for­te

Quan­do a sa­fra vai bem em uma re­gião es­sen­ci­al­men­te agrí­co­la co­mo Ma­rin­gá, to­dos os se­to­res da eco­no­mia sen­tem os re­fle­xos - não ape­nas as con­ces­si­o­ná­ri­as de tra­to­res ou em­pre­sas for­ne­ce­do­ras de in­su­mos. O pro­du­tor, que ho­je lança mão de tec­no­lo­gi­as de pon­ta e as­su­me uma pos­tu­ra em­pre­sa­ri­al em seus negócios, é tam­bém um po­ten­ci­al in­ves­ti­dor.

A cor do ou­ro

Se a so­ja é a me­ni­na dos olhos dos pro­du­to­res, o mi­lho, que sem­pre foi uma cul­tu­ra se­cun­dá­ria na pro­pri­e­da­de, ga­nhou sta­tus de es­tre­la em 2012. No Bra­sil, es­te ano, o Va­lor Bru­to da Pro­du­ção (VBP) de mi­lho atin­giu o pa­ta­mar re­cor­de de R$ 34,3 bi­lhões. O re­sul­ta­do é o me­lhor da his­tó­ria e pra­ti­ca­men­te o do­bro do re­sul­ta­do ob­ti­do em 2006, de R$ 16,6 bi­lhões, se­gun­do o Mi­nis­té­rio da Agri­cul­tu­ra.

Em cres­ci­men­to

Na sé­rie his­tó­ri­ca, a pro­du­ção de mi­lho no Bra­sil sal­tou de 42,5 mi­lhões de to­ne­la­das de grãos na sa­fra 2005/2006 pa­ra 73 mi­lhões de to­ne­la­das na tem­po­ra­da 2011/2012, de acor­do com le­van­ta­men­tos da Com­pa­nhia Na­ci­o­nal de Abas­te­ci­men­to (Co­nab). O cres­ci­men­to re­cor­de de­ve-se es­pe­ci­al­men­te à re­gião Cen­tro-Oes­te, que em seis anos au­men­tou a quan­ti­da­de pro­du­zi­da do ce­re­al em 227%.

Pers­pec­ti­vas ani­ma­do­ras

Pa­ra 2013, a pers­pec­ti­va é que o VBP do grão apre­sen­te au­men­to de 13% so­bre es­te ano, re­gis­tran­do R$ 39 bi­lhões. A ex­pec­ta­ti­va é fa­vo­rá­vel mes­mo com a pos­sí­vel que­da da pro­du­ção de mi­lho pa­ra cer­ca de 72 mi­lhões de to­ne­la­das.

Es­to­ques glo­bais

Con­for­me es­pe­ra­do pe­lo mer­ca­do, o De­par­ta­men­to de Agri­cul­tu­ra dos Es­ta­dos Uni­dos (Us­da), man­tém inal­te­ra­da su­as pre­vi­sões pa­ra os es­to­ques glo­bais de grãos na tem­po­ra­da 2012/2013. Em seu re­la­tó­rio men­sal de ofer­ta e de­man­da, o Us­da in­for­ma que os es­to­ques de mi­lho de­vem so­mar 117,6 mi­lhões de to­ne­la­das. Em re­la­ção à sa­fra 2011/12, tra­ta-se de uma re­du­ção de 10,2% nos es­to­ques de mi­lho.

Tri­go ar­gen­ti­no

Os pro­du­to­res de tri­go da Ar­gen­ti­na acre­di­tam na re­to­ma­da par­ci­al das ex­por­ta­ções do pro­du­to em ja­nei­ro, mas des­car­tam a pos­si­bi­li­da­de de que a co­ta de 6 mi­lhões de to­ne­la­das que ha­via si­do au­to­ri­za­da pe­lo go­ver­no pa­ra es­ta sa­fra se­ja cum­pri­da. O sis­te­ma de co­tas de ex­por­ta­ção de tri­go ar­gen­ti­no é se­me­lhan­te ao uti­li­za­do no país pa­ra a car­ne bo­vi­na des­de 2006: o go­ver­no res­trin­ge a ati­vi­da­de ex­por­ta­do­ra des­de 2006: o ob­je­ti­vo do go­ver­no é re­du­zir as ex­por­ta­ções co­mo for­ma de au­men­tar os es­to­ques e di­mi­nuir a pres­são in­fla­ci­o­ná­ria so­bre a in­dús­tria de ali­men­tos.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.