Co­lhei­ta es­tá atra­sa­da

O Diario do Norte do Parana - - AGRONEGÓCIO -

A ex­pec­ta­ti­va do se­tor su­cro­al­co­o­lei­ro é fe­char a sa­fra com 40,73 mi­lhões de to­ne­la­das de ca­na. A co­lhei­ta do Pa­ra­ná es­tá mais atra­sa­da do que a da re­gião Cen­tro-Sul, afir­ma o su­pe­rin­ten­den­te da Al­co­par, José Adri­a­no da Sil­va Di­as.

Além da sa­fra des­te ano ter co­me­ça­do mais tar­de que no an­te­ri­or, por cau­sa da es­ti­a­gem no ve­rão pas­sa­do, que atra­sou o de­sen­vol­vi­men­to da la­vou­ra, de maio a ju­lho as chu­vas não de­ram tré­gua, re­tar­dan­do o an­da­men­to dos tra­ba­lhos. Mes­mo o tem­po mais se­co que se se­guiu não foi su­fi­ci­en­te pa­ra re­cu­pe­rar o tem­po per­di­do. A ex­pec­ta­ti­va é que to­da a ca­na se­ja co­lhi­da­a­téo­fi­nal­do­mês.

No Cen­tro Sul do Bra­sil, con­for­me ava­li­a­ção ini­ci­al da con­sul­to­ria Ca­na­plan, a pro­du­ção de ca­na­de-açú­car de­ve atin­gir no má­xi­mo 557 mi­lhões de to­ne­la­das no pró­xi­mo ano. O vo­lu­me é igual ao pro­ces­sa­dohá­du­as­sa­fras.

No pe­río­do 2011/12 fo­ram moí­das 493 mi­lhões de to­ne­la­das e, na atu­al, o vo­lu­me de­ve fi­car em 518,5 mi­lhões, se­gun­do es­ti­ma­ti­vas da União da In­dús- tria Ca­na­vi­ei­ra (Uni­ca).

Na ava­li­a­ção de Luiz Car­los Cor­rêa Car­va­lho, só­cio-di­re­tor da con­sul­to­ria, as pre­vi­sões ini­ci­ais pa­ra a pró­xi­ma sa­fra, de 580 mi­lhões a 600 mi­lhões de to­ne­la­das, são mui­to oti­mis­tas, con­si­de­ran­do as di­fi­cul­da­des por que vem pas­san­do o se­tor.

Já pa­ra a Ar­cher Con­sul­ting, o Cen­tro-Sul do País de­ve­rá co­lher en­tre 560 mi­lhões e 580 mi­lhões de to­ne­la­das de ca­na na pró­xi­ma sa­fra, o que re­pre­sen­ta­ria um au­men­to de pro­du­ção en­tre 8% e 11,8% com­pa­ran­do ao ci­clo atu­al.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.