Ma­rin­gá es­tá aci­ma da mé­dia em es­tu­do e ren­da

CEN­SO Po­lo de edu­ca­ção, co­mér­cio e ser­vi­ços, a ci­da­de apa­re­ce com ta­xas su­pe­ri­o­res às do País; IBGE mos­tra que 1 em ca­da 5 mo­ra­do­res com mais de 25 anos tem for­ma­ção su­pe­ri­or

O Diario do Norte do Parana - - ZOOM - Fábio Lin­jar­di

lin­jar­di@odi­a­rio.com O ma­rin­ga­en­se tem mai­or ní­vel de ins­tru­ção, re­ce­be um me­lhor sa­lá­rio e gas­ta me­nos tem­po no trân­si­to do que a mé­dia na­ci­o­nal. É o que o mos­tram os da­dos do IBGE di­vul­ga­dos on­tem, re­fe­ren­tes ao Cen­so 2010.

En­tre os mai­o­res des­ta­ques es­tá a edu­ca­ção. Um em ca­da cin­co mo­ra­do­res de Ma­rin­gá com mais de 25 anos con­ta­va com en­si­no su­pe­ri­or com­ple­to em 2010 – ou se­ja, 45.191 pes­so­as, 20% da po­pu­la­ção nes­sa fai­xa etá­ria.

Se con­si­de­ra­dos tam­bém os por­ta­do­res de cur­so su­pe­ri­or com ida­de in­fe­ri­or a 25 anos, o nú­me­ro de di­plo­ma­dos era de 49.013 há 2 anos, o cor­res­pon­den­te a 13% de to­da a po­pu­la­ção ma­rin­ga­en­se, de 357.077 ha­bi­tan­tes, se­gun­do o Cen­so.

As mu­lhe­res le­vam van­ta­gem no que­si­to es­co­la­ri­da­de. Em Ma­rin­gá, do to­tal da po­pu­la­ção fe­mi­ni­na com mais de 25 anos, 21% pos­suíam en­si­no su­pe­ri­or em 2010. En­tre os ho­mens, a proporção fi­cou em 18%.

A mé­dia na­ci­o­nal pa­ra as mu­lhe­res com en­si­no su­pe­ri­or é de 12,4%, an­te 9,9% dos ho­mens.

En­quan­to qua­se me­ta­de da po­pu­la­ção bra­si­lei­ra com mais de 25 anos não che­ga a ter o en­si­no fun­da­men­tal com­ple­to, em Ma­rin­gá a ta­xa cai pa­ra 35%. Nas mé­di­as na­ci­o­nal e mu­ni­ci­pal, os ho­mens apa­re­cem co­mo me­nos ins­truí­dos que as mu­lhe­res.

Mais da me­ta­de (50,78%) dos ho­mens com mais de 25 anos no País não con­ta­va com o fun­da­men­tal no le­van­ta­men­to de 2010. Já a proporção de mu­lhe­res nes­sa fai­xa etá­ria e sem o fun­da­men­tal com­ple­to era de 47,8%.

Em Ma­rin­gá, a proporção de ho­mens e mu­lhe­res que não che­ga­ram a com­ple­tar o fun­da­men­tal em­pa­ta, com 35% pa­ra ca­da la­do.

Ren­di­men­to

O ren­di­men­to mé­dio em Ma­rin­gá en­tre as pes­so­as eco­no- mi­ca­men­te ati­vas fi­cou em R$ 1.912,35, an­te a mé­dia na­ci­o­nal de R$ 1.475,37, se­gun­do a apu­ra­ção do Cen­so. O mu­ni­cí­pio tam­bém le­va van­ta­gem na com­pa­ra­ção com ou­tras gran­des ci­da­des do Es­ta­do, co­mo Lon­dri­na e Cas­ca­vel, que re­gis­tra­ram ren­di­men­to mé­dio de R$ 1.800,43 e R$ 1.686,76, res­pec­ti­va­men­te.

Na com­pa­ra­ção com as ci­da­des vi­zi­nhas, há um abis­mo: em Sa­ran­di, a mé­dia de ren­di­men­tos é de R$ 964,15. Em Pai­çan­du, R$ 1.022,05.

Já em Cu­ri­ti­ba, a mé­dia de ren­di­men­tos da po­pu­la­ção eco­no­mi­ca­men­te ati­va fi­cou em R$ 2.480,01, va­lor abai­xo ao re­gis­tra­do em São Pau­lo, R$ 2.552,48, e su­pe­ri­or ao do Rio de Ja­nei­ro, R$ 2.446,30.

No com­pa­ra­ti­vo en­tre ren­di­men­to e ní­vel de ins­tru­ção, os ma­rin­ga­en­ses fi­cam em des­van­ta­gem, mas na par­te al­ta da pi­râ­mi­de. En­quan­to a mé­dia na­ci­o­nal de ren­di­men­tos pa­ra um tra­ba­lha­dor com en­si­no su­pe­ri­or com­ple­to era de R$ 4.256,87 em 2010, em Ma­rin­gá es­se va­lor es­ta­va em R$ 3.808,93.

A mai­or fa­tia dos ma­rin­ga­en­ses eco­no­mi­ca­men­te ati­vos é de tra­ba­lha­do­res com en­si­no mé­dio com­ple­to ou su­pe­ri­or in­com­ple­to (33,8%) – eram 80.472 mo­ra­do­res de Ma­rin­gá nes­sa fai­xa, con­for­me o cen­so de 2010. O sa­lá­rio mé­dio dos tra­ba­lha­do­res da ci­da­de com es­se ní­vel de es­tu­do fi­cou em R$ 1.567,88 – ou R$ 177,66 a mais do que a mé­dia na­ci­o­nal pa­ra tra­ba­lha­do­res no mes­mo grau de ins­tru­ção.

Des­lo­ca­men­to

Os ma­rin­ga­en­ses che­gam mais rá­pi­do ao tra­ba­lho do que a mé­dia na­ci­o­nal. Em Ma­rin­gá, 79,9% da po­pu­la­ção de­mo­ram até 30 mi­nu­tos pa­ra che­gar ao ser­vi­ço. Em Lon­dri­na, es­sa mé­dia cai pa­ra 68,8%, en­quan­to em Cu­ri­ti­ba a ta­xa é de 55,72%. Já em São Pau­lo, no­tó­ria pe­los con­ges­ti­o­na­men­tos, ape­nas 33,6% dos ha­bi­tan­tes con­se­guem che­gar em até meia ho­ra no tra­ba­lho.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.