Re­quião bar­ra em­prés­ti­mo de R$ 730 mi­lhões ao Pa­ra­ná

Go­ver­na­dor Be­to Richa diz que se­na­dor “traiu o Pa­ra­ná” ao obs­truir a vo­ta­ção no Se­na­do; fi­nan­ci­a­men­tos a ou­tros Es­ta­dos ti­ve­ram vo­to fa­vo­rá­vel de Re­quião

O Diario do Norte do Parana - - REGIÃO - Re­da­ção

re­da­cao@ O go­ver­na­dor Be­to Richa (PSDB) clas­si­fi­cou co­mo “ina­cei­tá­vel” a obs­tru­ção do se­na­dor Ro­ber­to Re­quião (PMDB) ao pe­di­do de fi­nan­ci­a­men­to de US$ 350 mi­lhões (R$ 730 mi­lhões ao câm­bio de ho­je) do Pa­ra­ná ao Ban­co Mun­di­al. O em­prés­ti­mo pre­ci­sa do aval do Se­na­do pa­ra ser efe­ti­va­do e es­ta­va na pau­ta de vo­ta­ção na noi­te de an­te­on­tem. Re­quião pe­diu vis­tas e o pro­je­to foi re­ti­ra­do da pau­ta.

“É ina­cei­tá­vel es­sa ati­tu­de con­tra o Pa­ra­ná. Na mes­ma noi­te em que traiu o Pa­ra­ná, Re­quião vo­tou a fa­vor de em­prés­ti­mos pa­ra o Rio Gran­de do Sul, dois pa­ra San­ta Ca­ta­ri­na, pa­ra o Ce­a­rá e Bahia”, dis­se Richa.

O em­prés­ti­mo do Ban­co Mun­di­al ao Pa­ra­ná foi apro­va­do por vá­ri­os ór­gãos do go­ver­no fe­de­ral, en­tre eles, a Se­cre­ta­ria do Te­sou­ro Na­ci­o­nal e o Mi­nis­té­rio da Fa­zen­da. Tam­bém tem pa­re­cer fa­vo­rá­vel do re­la­tor da pro­pos­ta, se­na­dor Del­cí­dio Amaral (PT-MS).

O go­ver­na­dor afir­mou que os re­cur­sos se­rão uti­li­za­dos em pro­je­tos nas áre­as de Edu­ca­ção (Re­no­va Es­co­la), Saú­de (Mãe Pa­ra­na­en­se e Re­de de Ur­gên­cia e Emer­gên­cia), pro­gra­mas de de­sen­vol­vi­men­to rural sus­ten­tá­vel, ges­tão am­bi­en­tal e de ris­cos de de­sas­tres.

Richa dis­se ain­da que en­tre a noi­te de ter­ça-fei­ra e de on­tem con­ver­sou com senadores Ser­gio Sou­za (PMDB-PR), Del­cí­dio Amaral, Aé­cio Ne­ves (PSDB-MG), Cás­sio Cu­nha Lima (PSDB-PB) e “Na noi­te em que traiu o Pa­ra­ná, Re­quião vo­tou a fa­vor de em­prés­ti­mos pa­ra o Rio Gran­de do Sul, San­ta Ca­ta­ri­na, Ce­a­rá e Bahia” até com o pre­si­den­te do Se­na­do, José Sar­ney (PMDB-PA) pa­ra que o pe­di­do de em­prés­ti­mo vol­te à pau­ta de vo­ta­ção ho­je.

“O que pos­so di­zer é que o Pa­ra­ná tem 80 senadores apoi­an­do es­se em­prés­ti­mo e só um con­tra. Es­tá pro­va­do que Re­quião, por ques­tões po­lí­ti­cas, jo­ga con­tra os in­te­res­ses do Pa­ra­ná”, com­ple­tou o go­ver­na­dor.

Re­ta­li­a­ção

No fim de se­ma­na pas­sa­do, o se­na­dor per­deu a elei­ção pa­ra a Pre­si­dên­cia do di­re­tó­rio es­ta­du­al do PMDB e atri­bui a der­ro­ta aos de­pu­ta­dos que es­tão na ba­se de apoio ao go­ver­no es­ta­du­al. Re­quião ne­ga re­ta­li­a­ções afir­man­do que que a obs­tru­ção é pe­lo fa­to de des­co­nhe­cer co­mo se­rão usa­dos os re­cur­sos.

Na ava­li­a­ção do Go­ver­no do Pa­ra­ná, a ex­pli­ca­ção não se sus­ten­ta, uma vez que o se­na­dor não com­pa­re­ceu a reu­nião al­gu­ma en­tre os téc­ni­cos do Es­ta­do e a ban­ca­da pa­ra­na­en­se no Con­gres­so Na­ci­o­nal, quan­do fo­ram de­ta­lha­das as áre­as que se­rão aten­di­das pe­los re­cur­sos plei­te­a­dos.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.