Po­lí­ti­ca

O Diario do Norte do Parana - - OPINIÃO -

A pre­si­den­te Dil­ma Rousseff dis­se, em en­tre­vis­ta pu­bli­ca­da dia 13 pe­lo jor­nal fran­cês “Le Mon­de”, que não to­le­ra cor­rup­ção, e de­fen­deu o go­ver­no de seu an­te­ces­sor, Luiz Iná­cio Lu­la da Sil­va. “Eu não to­le­ro a cor­rup­ção e meu go­ver­no tam­bém não”, dis­se Dil­ma. Até se com­pre­en­de o pa­ro­xis­mo da pre­si­den­te Dil­ma ao de­fen­der o seu cri­a­dor Lu­la, afir­man­do que não to­le­ra cor­rup­ção. Me­ti­da nu­ma saia jus­ta, não po­de mes­mo con­tra­ri­ar o seu ex-che­fe pa­ra di­zer que no go­ver­no de­le ha­via cor­rup­ção, mes­mo por­que ela era a mi­nis­tra-che­fe da Ca­sa Ci­vil. É bas­tan­te in­tri­gan­te a de­cla­ra­ção da pre­si­den­te de que o go­ver­no de­la não to­le­ra cor­rup­ção. Mas o go­ver­no é de­la ou do PT? Ela po­de até es­tar de­fen­den­do a sua ges­tão, mas que no go­ver­no Lu­la exis­tia cor­rup­ção é fa­to con­su­ma­do e com­pro­va­do ago­ra pe­lo STF. Até quan­do a pre­si­den­te Dil­ma vai su­por­tar o far­do cor­rup­to dei­xa­do pe­lo go­ver­no Lu­la, só o tem­po di­rá. Mas que ela não de­ve dor­mir um so­no tran­qui­lo com tan­ta bomba de efei­to re­tar­da­do ex­plo­din­do, co­mo o ca­so “Ro­se­mary­ga­te”, is­so de­ve in­co­mo­dá-la mui­to. sim­ples ou du­pla, se vo­cê ul­tra­pas­sar em lo­cal proi­bi­do, co­lo­ca a sua vi­da e a dos ou­tros em ris­co. (Aci­den­te com seis veí­cu­los dei­xa três mor­tos e seis fe­ri­dos na PR-323 – www.odi­a­rio.com)

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.