En­tre­gas au­men­tam com Na­tal

O Diario do Norte do Parana - - GERAL - Leonardo Fi­lho

le­o­nar­do­fi­lho@odi­a­rio.com O bom mo­men­to que vi­ve o co­mér­cio em Ma­rin­gá e re­gião, por con­ta das fes­tas de fim de ano, tem cau­sa­do re­fle­xos po­si­ti­vos em ou­tros se­to­res. Um de­les, é o de trans­por­tes que, nes­te pe­río­do do ano, te­ve um cres­ci­men­to de 40% no vo­lu­me de car­gas e en­co­men­das trans­por­ta­das. A al­ta se con­cen­trou prin­ci­pal­men­te no trans­por­te de be­bi­das, ele­tro­do­més­ti­cos e equi­pa­men­tos ele­trô­ni­cos - co­mer­ci­a­li­za­dos tam­bém por meio da internet.

O pe­río­do de ele­va­ção co­me­çou na se­gun­da quin­ze­na de ou­tu­bro e ter­mi­nou nos pri­mei­ros 15 di­as do mês de de­zem­bro, de acor­do com da­dos do Sin­di­ca­to das Em­pre­sas de Trans­por­te de Car­gas e Lo­gís­ti­ca de Ma­rin­gá (Set­ca­mar). “Foi mui­to po­si­ti­vo nes­te ano. É nor­mal, a par­tir da se­ma­na en­tre Na­tal e ano no­vo ocor­rer uma re­du­ção da de­man­da. Pe­lo que a gen­te acom­pa­nha, o mer­ca­do se­gue es­ta­bi­li­za­do até depois do car­na­val”, co­men­tou o su­pe­rin­ten­den­te do sin­di­ca­to Ge­a­si Oli­vei­ra Sou­za. “Co­mo cres­ce­ram as ven­das, es­ta­mos tra­ba­lhan­do bem mais do que em ou­tras épo­cas”

E o mo­vi­men­to é gran­de não só nas trans­por­ta­do­ras. Por cau­sa do au­men­to nas ven­das pe­la internet, o vo­lu­me de en­tre­ga dos Cor­rei­os cres­ceu. “Ti­ve­mos uma al­ta de 30% nes­se pe­río­do. Co­mo cres­ce­ram as ven­das, es­ta­mos tra­ba­lhan­do bem mais do que em ou­tras épo­cas”, co­men­tou o su­pe­rin­ten­den­te re­gi­o­nal dos Cor­rei­os Car­los Ma­ri­a­ne.

De acor­do com o Ma­ri­a­ne, a al­ta de­ve se es­ten­der até ja­nei­ro, já que mui­tos pro­du­tos com­pra­dos em de­zem­bro, se­rão en­tre­gues no mês se­guin­te. “Já es­ta­mos es­pe­ran­do es­se ja­nei­ro com um mo­vi­men­to mai­or do que o ano pas­sa­do”, res­sal­tou.

Nas lo­jas, a cor­re­ria é pa­ra não acon­te­cer atra­so nas en- tre­gas. “Te­mos um se­tor de en­tre­ga que não pá­ra. Fe­liz­men­te, até ago­ra, não hou­ve atra­sos nem re­cla­ma­ções de cli­en­tes, mes­mo com um au­men­to nas ven­das”, co­men­tou o ge­ren­te de uma lo­ja de mó­veis e ele­tro­do­més­ti­cos, Jo­el Pau­li­no de Cam­pos.

Se­gun­do o ge­ren­te, os pro­du­tos que mais têm a pro­cu­ra dos cli­en­tes e con­ges­ti­o­na­do os se­to­res de en­tre­ga são: te­le­vi­so­res de led e con­di­ci­o­na­do­res de ar. “Al­guns pro­du­tos já es­tão em fal­ta. Fi­ze­mos o pe­di­do pa­ra a in­dús­tria e es­ta­mos aguar­dan­do”, com­ple­tou o ge­ren­te. Em mé­dia, os pro­du­tos são en­tre­gues em até 2 di­as.

De acor­do com o Pro­con de Ma­rin­gá, não há re­gis­tros de re­cla­ma­ções de atra­so de en­tre­ga Con­tra as lo­jas vir­tu­ais são vá­ri­as re­cla­ma­ções. Em mui­tos ca­sos, as pes­so­as de­sis­tem e fa­zem a com­pra em ou­tro lu­gar, por­que o pra­zo ul­tra­pas­sou o que foi com­bi­na­do na ho­ra de fe­char o ne­gó­cio. Is­so é fir­ma­do na ho­ra em que a pes­soa faz a com­pra. Se a pes­soa com­bi­nou, num pra­zo de dez di­as, por exem­plo, mas a mer­ca­do­ria che­ga em 14, de­pen­de do con­su­mi­dor ava­li­ar se ele acei­ta ou não o pro­du­to. A par­tir do mo­men­to que o con­su­mi­dor re­cla­ma que o pro­du­to não foi en­tre­gue den­tro do pra­zo es­ti­pu­la­do, hou­ve uma le­são ao Di­rei­to do Con­su­mi­dor por des­res­pei­to a pu­bli­ci­da­de do anún­cio da ven­da. Di­an­te dis­so, é pos­sí­vel a apli­ca­ção da mul­ta a em­pre­sa. de mer­ca­do­ri­as das lo­jas da ci­da­de. Se­gun­do o or­gão, o pro­ble­ma mai­or es­tá nas com­pras pe­la internet.

Grãos

Pa­ra a Set­ca­mar, o que es­tá atí­pi­co es­te ano é o trans­por­te de grãos. Ma­rin­gá con­cen­tra uma das mai­o­res fro­tas de ca­mi­nhões sul do país. “A sa­fra foi mui­to boa em vá­ri­as re­giões do Bra­sil es­te ano e por is­so, di­fe­ren­te­men­te de ou­tros anos, não vai pa­rar nes­te pe­río­do”, res­sal­tou Sou­za.

Ra­fa­el Sil­va

Co­mér­cio pe­la internet e en­vio de pre­sen­tes fa­zem o mo­vi­men­to cres­cer cer­ca de 30% nos Cor­rei­os nos di­as pró­xi­mos ao Na­tal

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.