Pa­ra­na­en­se vai es­ca­lar o Acon­cá­gua

O ti­tu­lar de car­tó­rio, Pau­lo Hen­ri­que Cos­ta, 35 anos, é o úni­co bra­si­lei­ro a in­te­grar um gru­po de on­ze pes­so­as de di­ver­sas na­ci­o­na­li­da­des que vão su­bir até o cu­me da mon­ta­nha

O Diario do Norte do Parana - - CIDADES - Renato Oli­vei­ra

re­na­to­o­li­vei­ra@odi­a­rio.com O ser hu­ma­no é mo­vi­do por de­sa­fi­os e con­quis­tas. Pra­ti­can­te do uma es­pé­cie de ca­mi­nha­da em lo­cais de re­le­vo aci­den­ta­do e su­bi­das, o ti­tu­lar de car­tó­rio Pau­lo Hen­ri­que Cos­ta, 35 anos, re­sol­veu que­brar mais uma bar­rei­ra na vi­da. Vai es­ca­lar o mon­te Acon­cá­gua, o pi­co mais al­to das Amé­ri­cas, com 6.962 me­tros, em Men­don­za, na Ar­gen­ti­na.

O pa­ra­na­en­se em­bar­ca no pró­xi­mo dia dois de ja­nei­ro. A aven­tu­ra em ter­ri­tó­rio ar­gen­ti­no tem pre­vi­são de du­rar 18. Ele se­rá o úni­co bra­si­lei­ro do gru­po for­ma­do por 11 aven- tu­rei­ros en­tre rus­sos, ar­gen­ti­nos, bel­gas, fran­ce­ses, ita­li­a­nos e su­e­cos. O pre­ço da “brin­ca­dei­ra”, se­gun­do Cos­ta, su­pe­ra os R$ 25 mil con­tan­do pas­sa­gem aé­rea, equi­pa­men­tos e pa­co­te com guia tu­rís­ti­co.

“É a mi­nha pri­mei­ra vez na al­ti­tu­de ex­tre­ma. Já fiz si­mu­la­dos em per­cur­sos de lon­ga dis­tân­cia e es­ca­lei o Pi­co Pa­ra­ná, con­si­de­ra­do a mon­ta­nha mais al­ta do Sul do Bra­sil, que fi­ca en­tre os mu­ni­cí­pi­os de An­to­ni­na e Cam­pi­na Gran­de do Sul, co­mo uma es­pé­cie de trei­na­men­to”, des­ta­ca.

Cos­ta é na­tu­ral de Foz do Igua­çu e se mu­dou pa­ra Ma­rin­gá aos 15 anos, on­de es­tu­dou, in­gres­sou na car­rei­ra pro­fis­si­o­nal e cons­ti­tuiu fa­mí­lia. Por cau­sa do es­pí­ri­to aven­tu­rei­ro, ele já pas­sou di­as en­tre ín­di­os no Par­que do Xin­gu, que fi­ca na di­vi­sa do Ma­to Gros­so com o Pa­rá. Mas ele sen­tia que fal­ta­va al­go mais pa­ra al­can­çar e de­ci­diu es­ca­lar o Acon­cá­gua.

Pre­pa­ra­ção

Pa­ra ven­cer o de­sa­fio, Cos­ta, há três me­ses, cum­pre uma ri­go­ro­sa agen­da de pre­pa­ra­ção. São ba­te­ri­as de cor­ri­das de dez quilô­me­tros e exer­cí­ci­os de trei­na­men­to fun­ci­o­nal, o cha­ma­do Co­re 360 pa­ra não pa­de­cer de des­gas­te fí­si­co no meio da aven­tu­ra.

Além do can­sa­ço, o pa­ra­na­en­se de­ve en­con­trar pe­la fren­te o ini­mi­go da mai­o­ria dos al­pi­nis­tas e aven­tu­rei­ros: o ar ra­re­fei­to. Ele afir­ma que a fal­ta de ar im­pac­ta na par­te emo­ci­o­nal, que po­de com­pro­me­ter to­da a es­ca­la­da e até cus­tar a vi­da do al­pi­nis­ta.

“A pes­soa sen­te mui­ta dor de ca­be­ça, náu­se­as. Não tem co­mo não sen­tir. E se vo­cê não es­ti­ver bem acli­ma­ta­do, com cer­te­za, en­fren­ta­rá gra­ves pro­ble- mas”, res­sal­ta. Ele acres­cen­ta que é pre­ci­so se hi­dra­tar bem. “O ar é mui­to con­cen­tra­do, o que dei­xa o san­gue mais es­pes­so e aca­ba cir­cu­lan­do mais de­va­gar. Is­so pro­vo­ca uma dor de ca­be­ça ter­rí­vel”, de­cla­ra.

Co­mo pre­pa­ra­ção psi­co­ló­gi­ca, o ti­tu­lar de car­tó­rio se ins­pi­rou nas di­cas do al­pi­nis­ta Ro­dri­go Rai­ne­ri, que es­cre­veu “No Te­to do Mun­do”, após es­ca­lar três ve­zes o Pi­co Eve­rest (con­si­de­ra­do o mais al­to do mun­do) e inú­me­ras ve­zes o Acon­cá­gua.

Le­tal

A his­tó­ria de aven­tu­ras no Acon­cá­gua apre­sen­ta uma sé­rie de ca­sos de pes­so­as que vol­ta­ram no meio do ca­mi­nho ou até mor­re­ram na ten­ta­ti­va de che­gar ao to­po da mon­ta­nha. “Das três pes­so­as que co­nhe­ço, que já fi­ze­ram o Acon­cá­gua, du­as não con­se­gui­ram che­gar ao cu­me, na pri­mei­ra vez. Ti­ve­ram que vol­tar dois anos depois. Pro­ble­mas co­mo o ar ra­re­fei­to, que re­duz a fo­me e a se­de, dei­xa a pes­soa mais fra­ca, que pre­ci­sa de­sis­tir”, co­men­ta.

Cos­ta ex­pli­ca que quan­do se es­tá a cem me­tros do cu­me, que sig­ni­fi­ca mais de uma ho­ra e meia de es­ca­la­da, mui­tas ve­zes, o al­pi­nis­ta não con­se­gue res­pi­rar di­rei­to. “Mui­tos che­ga­ram ao to­po, mas não con­se­gui­ram con­tar a his­tó­ria, por­que mor­re­ram na des­ci­da. Eu vou pre­pa­ra­do pa­ra que is­so não acon­te­ça co­mi­go”, ga­ran­te.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.