Aban­do­no de ani­mais

O Diario do Norte do Parana - - OPINIÃO -

No sá­ba­do, dia 22/12, uma pes­soa dei­xou dois ca­chor­ri­nhos, ain­da fi­lho­tes, aban­do­na­dos em um ter­re­no bal­dio na Rua Antônio Cas­ta­nha, no Jar­dim Itá­lia. Por sor­te, nós, mo­ra­do­res do bair­ro, en­con­tra­mos os ca­chor­ros, cui­da­mos de­les, le­van­do-os ao ve­te­ri­ná­rio, e os ali­men­ta­mos – com lei­te, já que os dois são tão pe­que­nos que se­quer já sa­bem co­mer. Gos­ta­ria de dei­xar um re­ca­do à pes­soa que aban­do­nou es­ses fi­lho­ti­nhos: já en­tra­mos em con­ta­to com o do­no da ca­sa em fren­te ao ter­re­no e va­mos pe­dir a ele as ima­gens da câ­me­ra de se­gu­ran­ça, pa­ra en­tre­gar­mos à po­lí­cia e des­co­brir­mos qu­em foi o res­pon­sá­vel por es­te cri­me. Tal­vez te­nha si­do me­lhor nem ter­mos vis­to es­sa ação, já que te­ría­mos fei­to um es­cân­da­lo com PM, im­pren­sa e o que mais fos­se pos­sí­vel. Gos­ta­ria de lhe per­gun­tar uma coi­sa, se­nhor: o aban­do­no é a li­ção que o se­nhor pre­ten­de en­si­nar aos seus fi­lhos? pa­ra con­ser­tar meus pon­tos ne­ga­ti­vos, po­de­rei cres­cer e me tor­nar mui­to me­lhor. E as­sim, depois, te­rei mais for­ça pa­ra di­mi­nuir os de­fei­tos. O que de­se­jo lhes di­zer é que não im­por­ta o ta­ma­nho da sua con­ta ban­cá­ria. Pou­co in­te­res­sa o bair­ro em que mo­ra, a mar­ca e mo­de­lo do seu au­to­mó­vel o ti­po de tra­ba­lho que faz. Vo­cê e eu e to­do mun­do so­mos uma mis­tu­ra com­pli­ca­da de po­ten­ci­a­li­da­des e li­mi­ta­do­res, vir­tu­des e de­fei­tos. So­mos uma so­pa de de­fi­ci­ên­ci­as e com­pe­tên­ci­as! En­tão va­mos nos ape­gar ao que te­mos de bom e nu­trir a nos­sa vi­são de com­pe­tên­cia pa­ra re­a­li­zar ati­tu­des bo­as. Es­tá tudo aí, bem ao nos­so al­can­ce, co­mo pe­dras pre­ci­o­sas e bru­tas a se­rem la­pi­da­das. E quan­to mais bem tra­ta­das fo­rem, mais va­lor te­rão. Não é mui­to mais con­cre­to e prá­ti­co? En­tão, jun­to de Deus nos­so pai e vos­so san­to fi­lho se­nhor Je­sus Cris­to, fa­ça es­ta op­ção pa­ra os seus pla­nos pa­ra 2013 e me con­te depois o que con­se­guiu. Fe­liz Na­tal e um 2013 com mui­ta saú­de e su­ces­so, sem­pre!

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.