DE PEI­XE

O Diario do Norte do Parana - - CIDADES -

A re­mo­ção do es­ta­ci­o­na­men­to do can­tei­ro cen­tral da Ave­ni­da Bra­sil era apon­ta­da co­mo cer­ta até o pri­mei­ro se­mes­tre des­te ano. Ho­je, não se po­de afir­mar que a obra vai sair do pa­pel, de­vi­do às in­cer­te­zas so­bre o im­pac­to da me­di­da na re­gião.

O fim do es­ta­ci­o­na­men­to de­sa­gra­da o tra­di­ci­o­nal co­mér­cio da área, di­vi­de a opi­nião da po­pu­la­ção e faz par­te de um pro­je­to pa­ra o trân­si­to que ain­da de­pen­de de ou­tros fa­to­res pa­ra ser im­plan­ta­do. O que era cer­to vi­rou dúvida em abril, quan­do o pre­fei­to em exer­cí­cio, Car­los Ro­ber­to Pu­pin, en­tão pré-can­di­da­to, anun­ci­ou a sus­pen­são dos tra­ba­lhos. “As obras vão fi­car pa­ra o pró­xi­mo pre­fei­to”, anun­ci­ou.

O mu­ni­cí­pio tem dis­po­ní­vel R$ 1,3 mi­lhão, li­be­ra­do pe­la Cai­xa Econô­mi­ca Fe­de­ral, pa­ra o pro­je­to. O di­nhei­ro ha­via si­do so­li­ci­ta­do pe­la pró­pria pre­fei­tu­ra e ca­be­rá a Pu­pin a de­ci­são de usá-lo.

O que diz o go­ver­no

Pu­pin diz que é cer­to que haverá obras de re­vi­ta­li­za­ção na Ave­ni­da Bra­sil, mas não en­tra em de­ta­lhes. “O que acon­te­ce é que tem que unir o útil ao agra­dá­vel. Vo­cê tem que re­vi­ta­li­zar, mas agra­dar tam­bém os co­mer­ci­an­tes”, diz. Se­gun­do ele, en­tre­tan­to, “não há es­ca­pa­tó­ria” pa­ra a ins­ta­la­ção de ca­na­le­tas ex­clu­si­vas pa­ra ôni­bus na via.

O pre­fei­to Sil­vio Bar­ros diz que são es­pe­ra­das re­cla­ma­ções com a im­plan­ta­ção do cor­re­dor do trans­por­te co­le­ti­vo na prin­ci­pal ave­ni­da co­mer­ci­al da ci­da­de. “Vai ter que ter cor­re­dor mes­mo, fa­zer o quê? Es­se é o pa­pel do ges­tor”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.