Gil­son Klei­na con­si­de­ra re­to­mar es­que­ma 4-4-2

O Diario do Norte do Parana - - ESPORTES -

Após a vi­tó­ria por 3 a 0 so­bre o São Ber­nar­do, o téc­ni­co do Pal­mei­ras, Gil­son Klei­na, dis­se ter apro­va­do a for­ma­ção da equi­pe com três ata­can­tes e por is­so iria man­tê-la di­an­te do XV de Pi­ra­ci­ca­ba. Mas após o em­pa­te por 3 a 3 no úl­ti­mo do­min­go, fo­ra de ca­sa, pe­la quin­ta ro­da­da do Cam­pe­o­na­to Pau­lis­ta, com di­ver­sos er­ros da equi­pe, o trei­na­dor mu­dou de ideia e já ad­mi­te a pos­si­bi­li­da­de de vol­tar ao 4-4-2. “Te­mos de pen­sar ad­ver­sá­rio por ad­ver­sá­rio. Nós com três ata­can­tes, o Mai­kon Lei­te e o Vi­ní­cius não têm o há­bi­to de acom­pa­nhar o ad­ver­sá­rio e mar­car. Eles es­tão fa­zen­do es­sa fun­ção, mas ca­re­ce de tem­po. Quan­do se tem um tem­po cur­to, tra­ba­lha de uma ma­nei­ra. Ho­je (do­min­go), fi­ca­mos ex­pos­tos, ex­pu­se­mo­sa­de­fe­sa”, dis­se­o­trei­na­dor.

Bar­cos

O ata­can­te Bar­cos re­cla­mou da fal­ta de cri­a­ti­vi­da­de da equi­pe do Pal­mei­ras na par­ti­da con­tra o XV de Pi­ra­ci­ca­ba, que ter­mi­nou 3 a 3, na noi­te de do­min­go, no in­te­ri­or de São Pau­lo. Ar­ti­lhei­ro do ti­me na tem­po­ra­da, com três gols mar­ca­dos, o ar­gen­ti­no des­ta­cou a von­ta­de de­mons­tra­da mos­tra­da pe­los atle­tas ao lon­go do jo­go, mas la­men­ta o fa­to dis­so não ter se con­ver­ti­do em opor­tu­ni­da­des de gol. “As bo­las não che­ga­ram. Cor­re­mos, mas não con­se­gui­mos cri­ar e nem ti­ve­mos mui­tas chan­ces”, re­cla­mou o prin­ci­pal ata­can­te pal­mei­ren­se, que fez uma aná­li­se bem di­fe­ren­te do téc­ni­co Gil­son Klei­na. “Te­mos de ar­ru­mar a de­fe­sa pa­ra não le­var os gols que es­ta­mos to­man­do, por­que o gol o ti­me do Pal­mei­ras sem­pre faz”, ana­li­sou o trei­na­dor, que não viu fal­ta de ou­sa­dia du­ran­te o em­pa­te em Pi­ra­ci­ca­ba. “Foi um jo­go de seis gols. O que fal­ta é acer­tar”, com­ple­tou Gil­son Klei­na.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.