Chi, chi, chi-le,le, le! Vi­va Chi­le!

O Diario do Norte do Parana - - O DIÁRIO DO NORTE DO PARANÁ -

O Chi­le é um dos des­ti­nos mais pro­cu­ra­dos pe­los bra­si­lei­ros, prin­ci­pal­men­te no in­ver­no. Nes­te país que sa­be exer­cer a ci­ên­cia do bem re­ce­ber, es­for­ços não são pou­pa­dos pa­ra con­quis­tar nós, vi­zi­nhos bem vin­dos sem­pre. E co­mo a hos­pi­ta­li­da­de des­te po­vo é man­ti­da du­ran­te to­do o ano é um des­per­dí­cio não apro­vei­tá-la em qual­quer épo­ca. Pa­ra qu­em acre­di­ta que no ve­rão não há mui­to o que fa­zer em um país que a ne­ve e o frio são su­as prin­ci­pais atra­ções, uma vi­si­ti­nha ao en­so­la­ra­do Chi­le po­de mu­dar es­te con­cei­to. O Chi­le en­can­ta até mes­mo no ve­rão, San­ti­a­go é uma ci­da­de re­ple­ta de ati­vi­da­des cul­tu­rais com mu­seus, pra­ças e vi­da pul­san­te. O pró­prio Va­le Ne­va­do con­ti­nua sen­do um lu­gar pa­ra ser con­tem­pla­do, com a che­ga­da da es­ta­ção mais quen­te do ano, o va­le re­ve­la as be­lís­si­mas pai­sa­gens que ou­tro­ra se es­con­di­am por de­bai­xo da ne­ve. A re­gião nor­te do país que abri­ga o fa­mo­so de­ser­to do Ata­ca­ma, con­si­de­ra­da uma das re­giões mais ári­das do mun­do, me­re­ce aten­ção es­pe­ci­al en­tre tu­ris­tas que não abrem mão de adi­ci­o­nar uma pi­ta­da de aven­tu­ra ao ro­tei­ro. Os cer­ca de 32°C que fa­zem du­ran­te o dia e os 12°C que in­va­dem a re­gião ao cair da noi­te so­ma­dos à fal­ta de umi­da­de do de­ser­to, exigem do vi­si­tan­te pre­pa­ra­ção. À pri­mei­ra vis­ta, a pai­sa­gem de­sér­ti­ca po­de até cau­sar im­pac­to, mas com o pas­sar dos di­as a sen­sa­ção é su­cum­bi­da pe­la ne­ces­si­da­de de ob­ser­var o ho­ri­zon­te sem igual que lu­gar apre­sen­ta. Depois de al­guns di­as em San Pe­dro que é a prin­ci­pal por­ta de en­tra­da pa­ra de­ser­to do Ata­ca­ma, o cor­po se acos­tu­ma com al­ti­tu­de e o cli­ma da re­gião, e os olhos pa­re­cem se abrir pa­ra con­tem­plar o que vem a se­guir. O pro­fes­sor de In­glês An­der­son Carmona que re­cen­te­men­te aven­tu­rou-se pe­la ro­ta, con­ta que um dos tru­ques pa­ra não sen­tir de ma­nei­ra du­ra os im­pac­tos da al­ti­tu­de e apro­vei­tar a es­ta­dia em San Pe­dro pa­ra ex­plo­rar a ci­da­de e a re­gião que a cir­cun­da cu­jo os atra­ti­vos tam­bém me­re­cem aten­ção no ro­tei­ro. Pa­ra is­so o ide­al é pro­gra­mar al­guns di­as na ci­da­de e só en­tão se­guir em di­re­ção aos 4.320mts na re­gião das La­gu­nas Al­ti­plâ­ni­cas.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.