Bol­sa fe­cha em que­da pe­lo quar­to dia se­gui­do

O Diario do Norte do Parana - - GERAL - Agên­cia Es­ta­do

re­da­cao@odi­a­rio.com A pi­o­ra do ce­ná­rio in­ter­na­ci­o­nal, so­ma­da a ques­tões in­ter­nas que têm cas­ti­ga­do a Bo­ves­pa nos úl­ti­mos di­as, le­va­ram o Ibo­ves­pa a en­cer­rar no ver­me­lho pe­la qu­ar­ta ses­são se­gui­da. No am­bi­en­te cor­po­ra­ti­vo, a que­da do dó­lar an­te o re­al pe­na­li­zou as em­pre­sas ex­por­ta­do­ras de ma­té­ri­as-pri­mas, so­bre­tu­do a Va­le, que re­cu­ou qua­se 3%. A pres­são ven­de­do­ra tam­bém foi mo­ti­va­da por um fa­tor téc­ni­co: a pro­xi­mi­da­de do ven­ci­men­to de ín­di­ce Bo­ves­pa fu­tu­ro, na quar­ta­fei­ra após o fe­ri­a­do de car­na­val. Com is­so, o prin­ci­pal ín­di­ce da Bol­sa re­no­vou a pon­tu­a­ção mí­ni­ma de 2013 e se apro­xi­mou dos 58 mil pon­tos. A que­da das ações das com­pa­nhi­as foi ge­ne­ra­li­za­da: ape­nas 13 das 69 com­pa­nhi­as do Ibo­ves­pa ter­mi­na­ram no azul.

O Ibo­ves­pa en­cer­rou a ses­são de ho­je em de­clí­nio de 0,98%, aos 58.372,46 pon­tos, no me­nor ní­vel des­de 3 de de­zem­bro do ano pas­sa­do (58.202,35 pon­tos). Na ma­nhã, a Bo­ves­pa che­gou a en­sai­ar um pre­gão de re­cu­pe­ra­ção téc­ni­ca, quan­do mar­cou a má­xi­ma de 59.435 pon­tos (+0,82%). O dó­lar à vis­ta fe­chou em bai­xa de 0,85% no bal­cão, co­ta­do a R$ 1,9720 - a me­nor co­ta­ção de fe­cha­men­to des­de 11 de maio de 2012, quan­do mar­cou R$ 1,9520, e a mai­or bai­xa por­cen­tu­al des­de 28 de ja­nei­ro des­te ano.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.