Pi­cha­ções to­mam con­ta do câm­pus da UEM

Re­por­ta­gem de O Diá­rio en­con­trou pe­lo me­nos 50 mu­ros pi­cha­dos em vá­ri­os pon­tos da ins­ti­tui­ção; ad­mi­nis­tra­ção pe­de que co­mu­ni­da­de aju­de de­nun­ci­an­do ações Com­ba­te

O Diario do Norte do Parana - - CIDADES - Leonardo Fi­lho

le­o­nar­do­fi­lho@odi­a­rio.com As mar­cas de van­da­lis­mo es­tão es­pa­lha­das por pra­ti­ca­men­te to­dos os la­dos. No câm­pus da Uni­ver­si­da­de Es­ta­du­al de Ma­rin­gá (UEM), as pi­cha­ções se mis­tu­ram ao ce­ná­rio.

Em uma rá­pi­da vi­si­ta ao lo­cal, a re­por­ta­gem de O Diá­rio con­ta­bi­li­zou cer­ca de 50 pi­cha­ções. São pla­cas, pa­re­des dos blo­cos, ba­nhei­ros, bi­bli­o­te­ca, aca­de­mia, qu­a­dra es­por­ti­va e até mes­mo a Far­má­cia-Es­co­la - tudo pi­cha­do.

Qu­em con­vi­ve com o pro­ble­ma re­cla­ma. “Hou­ve um au­men­to mui­to gran­de (do nú­me- ro de pi­cha­ções). É uma si­tu­a­ção ver­go­nho­sa”, diz um pro­fes­sor que prefere não ser iden­ti­fi­ca­do. Al­guns alu­nos se acos­tu­ma­ram com o ce­ná­rio; ou­tros se sen­tem in­co­mo­da­dos. “Os gra­fi­tes são bem le­gais e ex­pres­si­vos, mas as pi­cha­ções são ter­rí­veis. Al­gu­mas nos en­ver­go­nham”, co­men­ta a es­tu­dan­te de Edu­ca­ção Fí­si­ca Jés­si­ca Rodrigues.

Os te­mas das pi­cha­ções va­ri­am bas­tan­te. Vá­ri­os têm men­sa­gens de pro­tes­to, ou fa­zem re­fe­rên­cia à si­tu­a­ção do País - e até mes­mo a ques­tões re­li­gi­o­sas. “Na ver­da­de, não que­rem di­zer na­da. Na mi­nha opi­nião é pu­ro van­da­lis­mo mes­mo. Pe­lo jei­to é um ban­do de de­so­cu­pa­dos, que não tem o que fa­zer”, re­cla­ma a apo­sen­ta­da Ro­se Maria Santos, que com frequên­cia vai à Far­má­cia-Es­co­la da UEM. Pa­ra ten­tar com­ba­ter es­se ti­po de cri­me, a se­gu­ran­ça da uni­ver­si­da­de faz tra­ba­lhos de vi­gi­lân­cia, mas en­con­tra al­gu­mas di­fi­cul­da­des. “O câm­pus é mui­to gran­de e es­se ti­po de de­li­to é di­fí­cil de com­ba­ter. Te­mos o tra­ba­lho dos vi­gi­lan­tes, que pa­tru­lham o lo­cal to­dos os di­as, mas o fre­quen­ta­dor tam­bém po­de nos aju­dar, por meio de de­nún­cia fei­ta di­re­ta­men­te a um se­gu­ran­ça ou até mes­mo li­gan­do pa­ra a po­lí­cia”, ex­pli­ca o pre­fei­to do câm- pus, Igor José Val­ques.

A ins­ta­la­ção de câ­me­ras e de um sis­te­ma de vi­de­o­mo­ni­to­ra­men­to na uni­ver­si­da­de é uma es­pe­ran­ça do pre­fei­to pa­ra que es­se ti­po de cri­me di­mi­nua. “Is­so de­ve ocor­rer em bre­ve e es­pe­ra­mos que es­sas ações di­mi­nu­am. Ini­ci­al­men­te, as câ­me­ras vão mo­ni­to­rar as saí­das da UEM, depois se­rão dis­tri­buí­das pe­lo câm­pus, con­for­me a li­be­ra­ção de re­cur­sos por par­te do Es­ta­do”, com­ple­tou. A pre­vi­são é de que se­jam in­ves­ti­dos até R$ 2 mi­lhões no pro­je­to, e es­pe­ra-se pe­la ins­ta­la­ção de 500 câ­me­ras.

Tam­bém de acor­do com o pre­fei­to, não há um ba­lan­ço fe­cha­do do quan­to foi gas­to com es­te ti­po de ma­nu­ten­ção no ano pas­sa­do nos pré­di­os da UEM. Val­ques ga­ran­te, no en­tan­to, que o cus­to é “bem al­to”. “É co­mo en­xu­gar ge­lo”, com­pa­ra. Um ca­so de pi­cha­ção mal­su­ce­di­do fi­cou cé­le­bre em Ma­rin­gá. Foi na se­ma­na pas­sa­da, quan­do dois jo­vens re­sol­ve­ram pro­tes­tar con­tra a elei­ção de Re­nan Ca­lhei­ros (PMDB) à pre­si­dên­cia do Se­na­do. Usan­do uma das pa­re­des do Gru­po de Atu­a­ção Es­pe­ci­al de Com­ba­te ao Cri­me Or­ga­ni­za­do (Ga­e­co) co­mo “te­la”, os dois pi­cha­ram a fra­se “Ca­lhei­ros de no­vo???”. O ato de van­da­lis­mo foi fla­gra­do por câ­me­ras de se­gu­ran­ça, o que ren­deu aos dois in­di­ci­a­men­to por cri­me de pi­cha­ção. Eles ago­ra te­rão de se apre­sen­tar no Jui­za­do Es­pe­ci­al, on­de vai ser de­fi­ni­da mul­ta e pe­nas pe­cu­niá­ri­as. O cri­me de pi­cha­ção, pre­vis­to na Lei de Cri­mes Am­bi­en­tais, pre­vê pe­na de de­ten­ção de 3 me­ses a 1 ano.

João Cláudio Fra­go­so

Far­má­cia-Es­co­la da Uni­ver­si­da­de Es­ta­du­al de Ma­rin­gá; pa­re­des do blo­co es­tão en­tre as pre­fe­ri­das dos vân­da­los, que dei­xam des­de men­sa­gens po­lí­ti­cas até pin­tu­ras sem ne­xo

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.