DIAADIA

O Diario do Norte do Parana - - REGIÃO -

Es­ta­do

Até o fi­nal de de­zem­bro pas­sa­do, Rene era se­cre­tá­rio es­ta­du­al de Re­la­ções com a Co­mu­ni­da­de, in­di­ca­do por Wilson Quin­tei­ro.

Pro­ble­ma re­al

Ma­rin­gá e re­gião têm um pro­ble­ma gran­de e co­mum: o tér­mi­no das obras do HU.

Pri­o­ri­da­de

Es­sa é a gran­de pri­o­ri­da­de na área da saú­de e to­da a clas­se po­lí­ti­ca de­ve­ria es­tar uni­da e tra­ba­lhan­do nis­so, com mo­bi­li­za­ção e apoio de to­da a so­ci­e­da­de or­ga­ni­za­da.

Re­cur­sos

A úl­ti­ma gran­de mo­bi­li­za­ção foi fei­ta pe­lo pre­fei­to Sil­vio Bar­ros, com apoio do en­tão de­pu­ta­do fe­de­ral Ricardo Bar­ros e de to­da a ban­ca­da do Pa­ra­ná na Câ­ma­ra dos De­pu­ta­dos.

Emen­da

Foi fei­ta uma emen­da de ban­ca­da de R$ 34 mi­lhões que nun­ca foi em­pe­nha­da. Is­so é uma ver­go­nha.

Lei­tos

O HU tem ho­je pou­co mais de 70 lei­tos, com uma área cons­truí­da de pou­co mais de 10 mil me­tros qua­dra­dos.

Trin­ta mil

O seu pro­je­to, que es­pe­ra re­cur­sos pa­ra con­clu­são, pre­vê qua­se 30 mil me­tros qua­dra­dos e 300 lei­tos.

Por­ta

O HU é por­ta de en­tra­da de ur­gên­cia e emer­gên­cia pa­ra uma re­gião de 1 mi­lhão de ha­bi­tan­tes. É um caos.

Ne­ces­si­da­de

A con­clu­são des­te hos­pi­tal é ne­ces­sá­ria e bá­si­ca pa­ra Ma­rin­gá e re­gião. Aten­ção de­pu­ta­dos fe­de­rais, senadores, de­pu­ta­dos es­ta­du­ais, go­ver­na­dor e so­ci­e­da­de.

Com­pa­ran­do

Lon­dri­na vai re­cons­truir, em 1 ano, o seu te­a­tro, que foi des­truí­do por um in­cên­dio. Re­cur­sos de R$ 16 mi­lhões.

Va­lor

Pa­ra con­cluir o HU, que es­pe­ra es­sas obras há mais de 20 anos, se­ri­am ne­ces­sá­ri­os cer­ca de R$ 40 mi­lhões.

Pri­o­ri­da­des

Fal­tam pri­o­ri­da­des no Pa­ra­ná. Te­a­tro não é mais im­por­tan­te que hos­pi­tal pa­ra po­bres.

Re­a­jus­te

Os ser­vi­do­res da Câ­ma­ra de Ma­rin­gá vão re­ce­ber re­a­jus­te de 5,84% - que é a in­fla­ção de 1 ano. A lei de­ter­mi­na o au­men­to.

TSE

On­tem te­ve reu­nião no Tri­bu­nal Su­pe­ri­or Elei­to­ral (TSE) e mais uma vez não en­trou na pau­ta o ca­so Pu­pin –em que o Mi­nis­té­rio Pú­bli­co e o glo­ri­o­so PT pe­dem a cas­sa­ção do re­gis­tro de sua can­di­da­tu­ra. Pu­pin não de­mons­tra pre­o­cu­pa­ção al­gu­ma.

Fé­ri­as

Atu­al­men­te, os ma­gis­tra­dos bra­si­lei­ros têm di­rei­to a 60 di­as de fé­ri­as por ano. Is­so de­ve aca­bar.

Mu­dan­ças

Uma co­mis­são de mi­nis­tros do Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral ana­li­sa o tex­to que pro­vo­ca­rá di­ver­sas mu­dan­ças no Ju­di­ciá­rio.

Cai­xa

cheio Com as no­vas re­gras de to­le­rân­cia ze­ro no trân­si­to, o De­tran do Pa­ra­ná de­ve es­tar ar­re­ca­dan­do uma for­tu­na em mul­tas.

Va­lor al­to

A mul­ta pa­ra qu­em for fla­gra­do por ter be­bi­do uma cer­ve­ji­nha em la­ta an­tes de di­ri­gir é de qua­se 2 mil re­ais. Pra on­de vai es­se di­nhei­ro to­do?

Úl­ti­ma

Co­men­tá­rio do ex-go­ver­na­dor (e ex-ami­go de Re­quião) Or­lan­do Pes­su­ti: “An­tes de fa­zer cer­tas iro­ni­as com os com­pa­nhei­ros do nos­so PMDB mu­ni­ci­pal, es­ta­du­al e na­ci­o­nal, Re­quião tem que olhar bem pa­ra o seu pró­prio ra­bo, li­so e fel­pu­do, co­mo o das ve­lhas ra­po­sas.”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.