Mauá: acor­do pe­lo pa­trimô­nio

O Diario do Norte do Parana - - ZOOM - Agên­cia de No­tí­ci­as do Pa­ra­ná

re­da­cao@odi­a­rio.com Re­pre­sen­tan­tes do Mi­nis­té­rio Pú­bli­co Fe­de­ral (MPF), da Su­pe­rin­ten­dên­cia do Instituto do Pa­trimô­nio His­tó­ri­co e Ar­tís­ti­co Na­ci­o­nal (Iphan) no Pa­ra­ná, do Instituto Am­bi­en­tal do Pa­ra­ná (IAP), do Con­sór­cio Ener­gé­ti­co Cru­zei­ro do Sul e das em­pre­sas con­sor­ci­a­das Co­pel e Ele­tro­sul fir­ma­ram em 2012 um Ter­mo de Ajus­ta­men­to de Con­du­ta (TAC) pa­ra a pre­ser­va­ção do pa­trimô­nio cul­tu­ral ar­que­o­ló­gi­co na Usi­na Hi­dre­lé­tri­ca de Mauá, en­tre Te­lê­ma­co Borba e Or­ti­guei­ra.

O acor­do lis­ta ações pa­ra a pre­ser­va­ção dos bens cul­tu­rais re­ma­nes­cen­tes na ba­cia do Rio Ti­ba­gi. O ter­mo tem pra­zo de vi­gên­cia de 5 anos, re­no­vá­veis a ca­da 5 anos, por oca­sião da re­no­va­ção da Li­cen­ça Am­bi­en­tal de Ope­ra­ções do em­pre­en­di­men­to.

O TAC pre­vê a re­a­li­za­ção de pes­qui­sas, en­si­no e ex­ten­são em Ar­que­o­lo­gia por meio de par­ce­ri­as com uni­ver­si­da­des do Es­ta­do, além de um pro­gra­ma de edu­ca­ção pa­tri­mo­ni­al pa­ra di­fu­são de co­nhe­ci­men­tos ar­que­o­ló­gi­cos en­tre as po­pu­la­ções da re­gião. O pro­gra­ma tam­bém de­ve sub­si­di­ar a pu­bli­ca­ção de es­tu­dos so­bre o pa­trimô­nio cul­tu­ral ar­que­o­ló­gi­co do lo­cal, in­clu­si­ve nas lín­guas das co­mu­ni­da­des in­dí­ge­nas.

O do­cu­men­to de­fi­ne ain­da a cri­a­ção de um mu­seu de ter­ri­tó­rio com nú­cle­os em Ara­po­ti, Ca­ram­beí, Castro, Im­baú, Ja­gua­ri­aí­va, Or­ti­guei­ra, Pal­mei­ra, Pi­raí do Sul, Pon­ta Gros­sa, Re­ser­va, Sen­gés, Te­lê­ma­co Borba, Ti­ba­gi e Ven­ta­nia. Em Ma­rin­gá, há re­gis­tro de um sí­tio ar­que­ló­gi­co no Instituto do Pa­trimô­nio His­tó­ri­co e Ar­tís­ti­co Na­ci­o­nal (Iphan). Os pes­qui­sa­do­res en­con­tra­ram frag­men­tos de ce­râ­mi­cas gua­ra­nis na zo­na nor­te. No Ri­bei­rão Ke­ça­ba, pró­xi­mo ao Rio Pi­ra­pó, fo­ram des­co­ber­tos pe­da­ços de uma va­si­lha. O ma­te­ri­al foi en­con­tra­do a céu aber­to, on­de ho­je há uma fa­zen­da. Em ou­tro pon­to, pró­xi­mo ao ae­ro­por­to, ha­via frag­men­to de ce­râ­mi­ca Jê, que iden­ti­fi­ca ín­di­os kain­gang, mas a des­co­ber­ta não é ti­da sí­tio ar­que­o­ló­gi­co por se tra­tar de só um ves­tí­gio.

O pro­fes­sor Lu­cio Ta­deu Mo­ta, do La­bo­ra­tó­rio de Ar­que­o­lo­gia, Et­no­lo­gia e Et­no-His­tó­ria da Uni­ver­si­da­de Es­ta­du­al de Ma­rin­gá (UEM), diz que a lo­ca­li­za­ção ge­o­grá­fi­ca do mu­ni­cí­pio – no to­po de um mor­ro e afas­ta­do das mar­gens de ri­os – não fa­vo­re­ceu as­sen­ta­men­tos.

Na ba­cia do mé­dio Rio Pi­ra­pó, o la­bo­ra­tó­rio en­con­trou 44 sí­ti­os ar­que­o­ló­gi­cos. O Iphan tem cer­ca de 19 mil sí­ti­os ca­ta­lo­ga­dos no Bra­sil, dos quais 1.289 no Pa­ra­ná.

João Cláudio Fra­go­so

O pro­fes­sor Lu­cio Mo­ta mos­tra pe­ças do la­bo­ra­tó­rio de ar­que­o­lo­gia; re­gião che­gou a ser ocu­pa­da por 200 mil ín­di­os gua­ra­nis

Divulgação

Sí­tio ar­que­o­ló­gi­co na área da Usi­na Mauá; pre­ser­van­do a cul­tu­ra lo­cal

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.