Te­nó­rio Jú­ni­or, um

ANOS DE CHUM­BO CADÊ Fa­mí­lia de Te­nó­rio Jú­ni­or, pi­a­nis­ta bra­si­lei­ro de­sa­pa­re­ci­do na Ar­gen­ti­na du­ran­te a di­ta­du­ra, ain­da bus­ca res­pos­ta; mú­si­co su­miu após fa­zer show com Vi­ni­cius e Toquinho

O Diario do Norte do Parana - - O DIÁRIO DO NORTE DO PARANÁ - Ed­mun­do Lei­te

Pres­tí­gio

De­sa­pa­re­ci­do há qua­se 40 anos nas tre­vas de uma nas­cen­te e san­gui­ná­ria di­ta­du­ra ar­gen­ti­na, o pi­a­nis­ta bra­si­lei­ro Te­nó­rio Jú­ni­or con­ti­nua co­mo um dos ca­sos mais no­tó­ri­os da lis­ta de ví­ti­mas dos anos de chum­bo cu­jo pa­ra­dei­ro é to­tal­men­te des­co­nhe­ci­do dos re­gis­tros ofi­ci­ais. Mu­lher e fi­lhos do exí­mio pi­a­nis­ta que su­miu em 1976 após um show com Vi­ni­cius de Mo­ra­es e Toquinho pro­cu­ra­ram a Co­mis­são da Ver­da­de re­cen­te­men­te com a es­pe­ran­ça de que al­gu­ma in­for­ma­ção no­va sur­ja nos mi­lhões de do­cu­men­tos mi­li­ta­res ago­ra aces­sí­veis no Ar­qui­vo Na­ci­o­nal e ou­tras ins­ti­tui­ções que re­ce­be­ram papéis dos ór­gãos de re­pres­são. Ao mes­mo tem­po, fãs tor­cem pa­ra que o do­cu­men­tá­rio so­bre Te­nó­rio, do ci­ne­as­ta es­pa­nhol ga­nha­dor do Os­car, Fer­nan­do Tru­e­ba, che­gue às te­las. Depois de to­mar mais de 100 de­poi­men­tos, Tru­e­ba não tem pre­vi­são de es­tre­ar o fil­me. Uma se­le­ção com as gra­va­ções do pi­a­no de Te­nó­rio Jú­ni­or acom­pa­nhan­do ar­tis­tas dos mais di­ver­sos es­ti­los ren­de­ria fa­cil­men­te um dis­co com amos­tras do me­lhor da mú­si­ca bra­si­lei­ra pós­bos­sa no­va. Do Ín­dia de Gal Cos­ta ao “dis­co do tê­nis” de Lô Borges, pas­san­do por Mi­nas, de Mil­ton Nas­ci­men­to, a lis­ta se es­ten­de­ria com fai­xas ti­ra­das de ál­buns de Jorge Ben, Na­na Caym­mi, Joy­ce, Wan­da Sá, Eu­mir De­o­da­to, Eg­ber­to Gis­mon­ti, Edu Lo­bo e Johnny Alf. O fa­to de vir­tu­o­ses co­mo Eg­ber­to, Edu e Alf que­re­rem o mú­si­co em seus tra­ba­lhos dá uma pis­ta da gran­de­za que era Te­nó­rio com as te­clas. As inú­me­ras for­ma­ções ins­tru­men­tais das quais par­ti­ci­pou nas mí­ti­cas bo­a­tes de Co­pa­ca­ba­na nos anos 60, on­de sam­ba e jazz se jun­ta­vam nu­ma ex­plo­são de mo­der­ni­da­de, já se­ri­am su­fi­ci­en­tes pa­ra dar a Te­nó­rio um sta­tus de len­da da mú­si­ca.

Se tudo is­so ain­da fos­se pou­co, um dis­co só seu é cul­tu­a­do aqui e no ex­te­ri­or co­mo obra-pri­ma do ins­tru­men­tal bra­si­lei­ro. Gra­va­do em 1964, “Em­ba­lo” traz com­po­si­ções do jo­vem pi­a­nis­ta e de ou­tros au­to­res, co­mo “Con­so­la­ção”, de Ba­den Powell e Vi­ni­cius de Mo­ra­es, em vi­go­ro­sos ar­ran­jos e acom­pa­nha­men­to de mú­si­cos do nai­pe de Raul de Sou­za e Ed­son Maciel nos trom­bo­nes, J.T Mei­rel­les no sax e Mil­ton Ba­na­na na ba­te­ria. Jun­te-se a is­so uma per­so­na­li­da­de pra lá de exó­ti­ca, al­guns ca­nos em com­pro- mis­sos, um pou­co de dro­ga e es­ta­ria pron­to o per­fil de um ar­tis­ta me­mo­rá­vel.

Mas, nu­ma ma­dru­ga­da ar­gen­ti­na, Te­nó­rio dei­xa­ria de ser as­sun­to mu­si­cal pa­ra vi­rar per­so­na­gem po­lí­ti­co. Quan­do o pi­a­nis­ta saiu do ho­tel Nor­man­die, no cen­tro de Bu­e­nos Ai­res, pa­ra fa­zer sa­be-se lá o quê no meio da ma­dru­ga­da, fi­gu­ras das tre­vas ron­da­vam a ca­pi­tal da Ar­gen­ti­na. Na­que­les di­as de mar­ço de 1976, o país vi­via um cli­ma de terror com aten­ta­dos a bomba, as­sas­si­na­tos e a emi­nên­cia de um gol­pe mi­li­tar que em al­guns di­as ti­ra­ria Isa­be­li­ta Pe­rón do poder e da­ria iní­cio a uma car­ni­fi­ci­na que se pro­lon­ga­ria por al­guns anos.

Um show de ar­tis­tas bra­si­lei­ros no tra­di­ci­o­nal Te­a­tro Rex era uma da­que­les fa­tos que tra­zi­am um pou­co de luz à es­cu­ri­dão. Vi­ni­cius de Mo­ra­es e Toquinho che­ga­ram pa­ra se apre­sen­tar na ca­pi­tal ar­gen­ti­na nu­ma ex­cur­são que já vi­nha fa­zen­do su­ces­so pe­lo Uru­guai. O bon vi­vant Vi­ni­cius es­ta­va pra­ti­ca­men­te em ca­sa. Ele e Toquinho eram con­si­de­ra­dos por­te­nhos ho­no­rá­ri­os.

Pa­ra o su­por­te mu­si­cal, a du­pla con­ta­va com um trio for­ma­do pe­lo bai­xis­ta Mu­ti­nho, o ba­te­ris­ta Azei­to­na e Te­nó­rio ao pi­a­no. Na­que­la que se­ria a sua úl-

Fo­tos: Divulgação

Re­pro­du­ção

Ca­pa do LP “Em­ba­lo”, de 1964: cul­tu­a­do no País e ex­te­ri­or co­mo obra-pri­ma do ins­tru­men­tal bra­si­lei­ro

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.