De­so­ne­ra­ção da ban­da lar­ga che­ga a R$ 3,8 bi

O Diario do Norte do Parana - - ECONOMIA - Agên­cia Es­ta­do

re­da­cao@odi­a­rio.com A re­nún­cia com de­so­ne­ra­ções às em­pre­sas de te­le­co­mu­ni­ca­ções que par­ti­ci­pa­rem de no­vos in­ves­ti­men­tos em pro­je­tos de re­des que su­por­tam ban­da lar­ga se­rá de R$ 3,8 bi­lhões até 2016, se­gun­do cál­cu­lo do se­cre­tá­rio de Te­le­co­mu­ni­ca­ções do Mi­nis­té­rio das Co­mu­ni­ca­ções, Ma­xi­mi­li­a­no Mar­ti­nhão.

Na sex­ta-fei­ra, o mi­nis­tro Pau­lo Ber­nar­do ha­via fa­la­do em R$ 6 bi­lhões.Mar­ti­nhão­ex­pli­cou­que­sua pro­je­çãoé“con­ser­va­do­ra”.

O go­ver­no pu­bli­cou no Diá­rio Ofi­ci­al da União de on­tem o de­cre­to que re­gu­la­men­ta o Re­gi­me Es­pe­ci­al de Tri­bu­ta­ção do Pro­gra­ma Na­ci­o­nal de Ban­da Lar­ga pa­ra Im­plan­ta­ção de Re­des de Te­le­co­mu­ni­ca­ções (REPNBL-Re­des), ins­ti­tuí­do pe­la Lei nº 12.715, san­ci­o­na­da em se­tem­bro do ano pas­sa­do, den­tro do Pla­no Bra­sil Mai­or, de in­cen­ti­vo à in­dús­tria. O re­gi­me cor­ta im­pos­tos nas obras e com­pras de equi­pa­men­tos li­ga­dos ao pro­gra­ma.

As em­pre­sas que cons­truí­rem re­des que su­por­tam ofer­ta de ban­da lar­ga te­rão in­cen­ti­vos tri­bu­tá­ri­os den­tro do Pla­no Bra­sil Mai­or.

O go­ver­no con­ce­de­rá de­so­ne­ra­ções de PIS/Co­fins e de Im­pos­to so­bre Pro­du­tos In­dus­tri­a­li­za­dos (IPI).

O di­re­tor de in­dús­tria, ci­ên­cia e tec­no­lo­gia do Mi­nis­té­rio das Co­mu­ni­ca­ções, José Gustavo Gon­ti­jo, sa­li­en­tou que es­ses be­ne­fí­ci­os se­rão não ape­nas pa­ra equi­pa­men­to, mas tam­bém pa­ra ser­vi­ços as­so­ci­a­dos à im­plan­ta­ção das re­des. As­sim que o pro­je­to for apro­va­do e ha­bi­li­ta­do, há sus­pen­são da co­bran­ça des­ses tri­bu­tos. “Se iden­ti­fi­car­mos que os pro­je­tos não fo­ram exe­cu­ta­dos ou con­cluí­dos, pas­sa a ter co­bran­ça”, sa­li­en­tou o se­cre­tá­rio.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.