Den­gue é de­cla­ra­da epi­de­mia em San­ta Fé

Pa­ra a Se­cre­ta­ria de Saú­de a epi­de­mia de­ve-se à fal­ta de tra­ba­lho de pre­ven­ção, co­mo lim­pe­za dos quin­tais e cons­ci­en­ti­za­ção das pes­so­as, du­ran­te o ano pas­sa­do

O Diario do Norte do Parana - - GERAL - Luiz de Car­va­lho

car­va­lho@ O úl­ti­mo Informe da Se­cre­ta­ria de Saú­de do Pa­ra­ná apon­ta San­ta Fé (a 52 quilô­me­tros de Ma­rin­gá) co­mo o úni­co mu­ni­cí­pio da re­gião em si­tu­a­ção de epi­de­mia de den­gue. Até on­tem já eram 70 ca­sos con­fir­ma­dos e 348 no­ti­fi­ca­ções, nú­me­ros con­si­de­ra­dos al­tos em uma po­pu­la­ção de 10 mil ha­bi­tan­tes. O que pre­o­cu­pa as au­to­ri­da­des sa­ni­tá­ri­as é que as ocor­rên­ci­as con­ti­nu­am au­men­tan­do, ape­sar das me­di­das de com­ba­te ado­ta­das, co­mo a apli­ca­ção cons­tan­te de fu­ma­cê e lar­vi­ci­da e re­a­li­za­ção de mu­ti­rões de lim­pe­za.

A re­a­ção das au­to­ri­da­des e po­pu­la­ção fez sur­gir em du­as se­ma­nas um no­vo li­xão a céu aber­to na ci­da­de. “Ti­ve­mos que des­ti­nar uma área de mais de um hec­ta­re pa­ra a co­lo­ca­ção do en­tu­lho re­ti­ra­do dos quin­tais”, dis­se o co­or­de­na­dor de Epidemiologia, Car­los Eli e Sil­va. Se­gun­do ele, a pre­fei­tu­ra con­vo­cou a po­pu­la­ção pa­ra um tra­ba­lho de lim­pe­za e des­de en­tão cen­te­nas de ca­mi­nhões de en­tu­lhos fo­ram le­va­dos pa­ra a no­va área. “A po­pu­la­ção res­pon­deu à al­tu­ra, cen­te­nas de pes­so­as se jun­ta­ram a nós e ain­da man­te­mos qua­tro equi­pes re­co­lhen­do o li­xo re­ti­ra­do dos quin­tais.

De acor­do com Sil­va, a gu­er­ra con­tra a den­gue con­tou com a par­ti­ci­pa­ção de 25 mem­bros da De­fe­sa Ci­vil de Ma­rin­gá, sol­da­dos da Es­co­la de For­ma­ção, Aper­fei­ço­a­men­to e Es­pe­ci­a­li­za­ção de Pra­ças da Po­lí­cia Mi­li­tar (Es­fa­ep), o pre­fei­to Ed­son Pa­lot­ta Ne­to (PSDB) re­mo­veu ser­vi­do­res e am­pli­ou o qua­dro de agen­tes da den­gue e uma am­pla cam­pa­nha de en­vol­vi­men­to da po­pu­la­ção é fei­ta por meio da im­pren­sa pe­la Se­cre­ta­ria de Saú­de.

Dra­ma

A do­na de ca­sa Se­bas­ti­a­na Moreira Fi­o­rin on­tem co­lo­cou uma ca­dei­ra no quin­tal na es­pe­ran­ça de to­mar um pou­co de sol depois de pas­sar 15 de ca­ma, com fe­bre al­ta, do­res nos os­sos e pro­ble­mas es­to­ma­cais de­vi­do à den­gue. “Aqui fi­ca­mos eu e meu ma­ri­do (Age­nor Fi­o­rin) caí­dos, na ca­sa do la­do caí­ram meu gen­ro e mi­nha ne­ta, vá­ri­os vi­zi­nhos, foi ter­rí­vel”. Se­gun­do Se­bas­ti­a­na, o so­fri­men­to foi tan­to “que não de­se­ja­ria nem ao meu mai­or ini­mi­go, se ti­ves­se al­gum”.

A se­cre­tá­ria de Saú­de Ká­tia Ber­nar­di­no Ba­tis­ta acre­di­ta que o nú­me­ro de pes­so­as com den­gue em San­ta Fé se­ja mai­or do que o que apa­re­ce nos le­van­ta­men­tos ofi­ci­ais, “pois há pes­so­as não procuram as uni­da­des de saú­de, pre­fe­rin­do se me­di­car em ca­sa ou bus­cam aju­da em ou­tras ci­da­des”. Ela acha que es­ta epi­de­mia po­de­ria ser me­nos gra­ve ou até evi­ta­da se os cui­da­dos ne­ces­sá­ri­os ti­ves­sem acon­te­ci­do no ano pas­sa­do. “Ti­ve­mos que des­ti­nar uma área de mais de um hec­ta­re,pa­ra o en­tu­lho re­ti­ra­do dos quin­tais”

João Cláudio Fra­go­so

Fun­ci­o­ná­rio pú­bli­co ob­ser­va pi­lha de en­tu­lho re­mo­vi­da um mu­ti­rão pro­mo­vi­do pe­la pre­fei­tu­ra

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.