Po­de­res

O Diario do Norte do Parana - - OPINIÃO -

A li­mi­nar do mi­nis­tro Luiz Fux, do Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral, que de­ter­mi­na a obe­di­ên­cia da or­dem cro­no­ló­gi­ca na vo­ta­ção dos ve­tos en­vi­a­dos pe­lo Exe­cu­ti­vo ao Con­gres­so Na­ci­o­nal, aca­bou por re­ve­lar à Na­ção uma tris­te e ir­res­pon­sá­vel re­a­li­da­de. O instituto do ve­to pe­lo qual o Exe­cu­ti­vo re­jei­ta as leis apro­va­das pe­lo Le­gis­la­ti­vo se trans­for­mou num ca­suís­ti­co bu­ra­co ne­gro, on­de go­ver­nan­tes e par­la­men­ta­res lan­çam os as­sun­tos po­lê­mi­cos e de in­te­res­se da co­mu­ni­da­de, que não têm co­ra­gem ou in­te­res­se de vo­tar. Tan­to que, só no Con­gres­so Na­ci­o­nal, exis­tem ho­je mais de 3 mil ve­tos in­con­clu­sos edi­ta­dos pe­los go­ver­nos dos úl­ti­mos 12 anos. (O mes­mo de­ve acon­te­cer nas As­sem­blei­as Le­gis­la­ti­vas dos 27 Es­ta­dos e nas Câ­ma­ras dos 5.665 mu­ni­cí­pi­os bra­si­lei­ros). A me­câ­ni­ca le­gal es­ta­be­le­ce que, quan­do não con­cor­da com a lei apro­va­da, o go­ver­nan­te tem o di­rei­to de ve­tá-la e o Le­gis­la­ti­vo a obri­ga­ção le­gal de dis­cu­tir e apro­var ou não o ve­to.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.