Ne­nhum de nós é tão in­te­li­gen­te quan­to to­dos nós jun­tos

O Diario do Norte do Parana - - O DIÁRIO DO NORTE DO PARANÁ -

A fra­se do tí­tu­lo é do psi­có­lo­go nor­te­a­me­ri­ca­no War­ren Ben­nis, nas­ci­do em 1925 e que foi con­se­lhei­ro de qua­tro pre­si­den­tes, tam­bém con­si­de­ra­do um dos ‘pro­fe­tas da li­de­ran­ça’. Vem de en­con­tro com um di­ta­do bem po­pu­lar: du­as ca­be­ças pen­sam me­lhor que uma – e as­sim su­ces­si­va­men­te. As­sim, tra­duz co­mo ‘jun­tos nós so­mos mui­to mais for­tes’. Ao lon­go dos anos, os sin­di­ca­tos, as as­so­ci­a­ções e ou­tras en­ti­da­des de clas­se vêm sen­do a mais e ci­en­te fer­ra­men­ta de união, for­ça e lu­ta de uma ca­te­go­ria, se­ja ela pa­tro­nal ou dos tra­ba­lha­do­res. Se di cil­men­te uma voz po­de ser ou­vi­da pe­la mul­ti­dão, es­sas en­ti­da­des mos­tram que vá­ri­as vo­zes se fa­zem ou­vir. O re­sul­ta­do é que mui­tos dos be­ne­fí­ci­os que tra­ba­lha­do­res e pa­trões des­fru­tam, e nem sa­bem, são fru­to de lu­tas en­cam­pa­das por su­as res­pec­ti­vas en­ti­da­des de clas­se. O pi­so sa­la­ri­al, as ho­ras ex­tras, as li­cen­ças, as fé­ri­as re­mu­ne­ra­das, as­sis­tên­cia mé­di­ca en­tre ou­tros di­rei­tos só fo­ram as­se­gu­ra­dos na Cons­ti­tui­ção gra­ças à mo­bi­li­za­ção de sin­di­ca­tos e as­so­ci­a­ções, as­sim co­mo po­lí­ti­cas pú­bli­cas que cri­am in­cen­ti­vos scais, que vi­sam pro­mo­ver no­vos in­ves­ti­men­tos e o fo­men­to de um se­tor só saí­ram do pa­pel a par­tir da atu­a­ção des­tas for­ças. Um sin­di­ca­to/ as­so­ci­a­ção or­ga­ni­za, so­lu­ci­o­na pro­ble­mas es­pe­cí cos e tor­na pos­sí­vel o cres­ci­men­to de um de­ter­mi­na­do se­tor ou seg­men­to. É por meio da ne­go­ci­a­ção e da in­te­ra­ção en­tre em­pre­sá­ri­os, Es­ta­do e tra­ba­lha­do­res que é pos­sí­vel en­con­trar so­lu­ções pa­ra os pro­ble­mas econô­mi­cos que afe­tam vi­si­vel­men­te a ca­te­go­ria, além de re­cair so­bre to­dos os ato­res so­ci­ais e so­ci­e­da­de co­mo um to­do. Não há es­pa­ços pa­ra in­di­vi­du­a­lis­mos. Ca­da en­ti­da­de tem que ter a cla­re­za de que o in­te­res­se de ca­da um é igual­men­te o in­te­res­se do co­le­ti­vo. Há mui­to a ser con­quis­ta­do, pro­je­tos em que mo­der­ni­da­de e de­sen­vol­vi­men­to te­nham a co­no­ta­ção de bem-es­tar so­ci­al a se­rem de­sen­vol­vi­dos, mas há vá­ri­os exem­plos de or­ga­ni­za­ções for­tes e re­pre­sen­ta­ti­vas no País, que lu­tam pe­la va­lo­ri­za­ção e pe­lo re­co­nhe­ci­men­to pro ssi­o­nal e mos­tram que a união faz a for­ça e traz con­quis­tas.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.