Sarandi tem atra­so nas li­ga­ções de água

São cer­ca de 500 li­ga­ções pen­den­tes de­vi­do à de­man­da ser mai­or que a ca­pa­ci­da­de de pres­ta­ção dos ser­vi­ços; mé­dia é de 20 pe­di­dos por dia

O Diario do Norte do Parana - - REGIÃO - Luiz de Car­va­lho

car­va­lho@odi­a­rio.com No in­ter­va­lo de uma se­ma­na a au­tar­quia Águas de Sarandi re­a­li­zou 228 no­vas li­ga­ções re­si­den­ci­ais e está ter­cei­ri­zan­do o ser­vi­ço na ten­ta­ti­va de co­lo­car os pe­di­dos em dia. A con­ces­si­o­ná­ria está atra­sa­da em cer­ca de 500 li­ga­ções e a di­fi­cul­da­de para ze­rar os pe­di­dos de­ve-se à quan­ti­da­de de no­vas so­li­ci­ta­ções a ca­da dia.

Se­gun­do o su­pe­rin­ten­den­te da au­tar­quia, en­ge­nhei­ro quí­mi­co Mi­chel Cal­da­to, diariamente che­gam, no mí­ni­mo, 20 pe­di­dos de no­vas li­ga­ções. As equi­pes con­se­guem li­gar, no má­xi­mo, oi­to do­mi­cí­li­os por dia, mes­mo com o re­for­ço de du­as em­pre­sas ter­cei­ri­za­das. “É di­fí­cil ze­rar por­que a quan­ti­da­de de pe­di­dos é qua­se três ve­zes su­pe­ri­or à nos­sa ca­pa­ci­da­de de aten­di­men­to”, diz.

Cal­da­to es­cla­re­ce que os pe- di­dos co­me­ça­ram a acu­mu­lar des­de o iní­cio do au­men­to de cons­tru­ções a par­tir do lan­ça­men­to do pro­gra­ma Mi­nha Ca­sa, Mi­nha Vi­da, pe­lo go­ver­no fe­de­ral. Sarandi che­gou a ter mais de 2 mil ca­sas ge­mi­na­das em cons­tru­ção ao mes­mo tem­po.

Hoje, além da cons­tru­ção de ca­sas ge­mi­na­das em bair­ros an­ti­gos, há cer­ca de dez no­vos lo­te­a­men­tos, to­dos sen­do ocu­pa­dos por ca­sas ge­mi­na­das ain­da em cons­tru­ção.

“Es­sa quan­ti­da­de exa­ge­ra­da de no­vas li­ga­ções é si­nal de que Sarandi está cres­cen­do em um rit­mo bas­tan­te ace­le­ra­do”, diz o pre­fei­to Car­los Al­ber­to de Pau­la Jú­ni­or (PDT). “Em ci­da­des do mes­mo por­te, bem mais an­ti­gas do que Sarandi, são fei­tos três ou qu­a­tro pe­di­dos de li­ga­ção de água por dia, nós re­ce­be­mos mais de 20 pe­di­dos”.

Para ten­tar acom­pa­nhar o rit­mo dos pe­di­dos, a pre­fei­tu­ra está lan­çan­do um con­cur­so público para a con­tra­ta­ção de en­ca­na­do­res para a Águas de Sarandi e abriu li­ci­ta­ção para a aqui­si­ção de du­as no­vas re­tro­es­ca­dei­ras. Além dis­to, de­ve­rão ser con­tra­ta­das mais du­as em­pre­sas até ze­rar os pe­di­dos.

“Fa­ze­mos as no­vas li­ga­ções na mes­ma or­dem em que elas che­gam, mas sem­pre pro­cu­ra­mos dar pri­o­ri­da­de àque­les imó­veis que já es­tão ocu­pa­dos”, ex­pli­ca o su­pe­rin­ten­den­te. Se­gun­do ele, com a ter­cei­ri­za­ção de par­te dos tra­ba­lhos e a che­ga­da de no­vas má­qui­nas se­rá pos­sí­vel ace­le­rar o tra­ba­lho e lo­go to­dos os pe­di­dos es­ta­rão aten­di­dos.

Fis­ca­li­za­ção

A au­tar­quia Águas de Sarandi está com equi­pes de fis­cais vi­si­tan­do as cons­tru­ções para ave­ri­guar de­nún­ci­as so­bre li­ga­ções clan­des­ti­nas. Al­guns cons­tru­to­res de­ci­di­ram fa­zer eles pró­pri­os as li­ga­ções, sem co­mu­ni­car à con­ces­si­o­ná­ria dos ser­vi­ços de água e es­go­to. Ir­re­gu­la­ri­da­des são mul­ta­das e al­vo de ações ju­di­ci­ais. “É di­fí­cil ze­rar por­que a quan­ti­da­de de pe­di­dos é qua­se três ve­zes su­pe­ri­or à nos­sa ca­pa­ci­da­de de aten­di­men­to”

Ra­fa­el Sil­va

Ca­pa­ci­da­de da pre­fei­tu­ra é para oi­to li­ga­ções de água por dia, mas de­man­da é du­as ve­zes mai­or

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.