Aze­ve­do aler­ta so­bre ris­co de OMC per­der voz

O Diario do Norte do Parana - - GERAL -

tu­bro, está man­ti­do. “Está tu­do man­ti­do co­mo foi pro­gra­ma­do, não can­ce­la o lei­lão”. Per­gun­ta­do se há ris­cos de da­dos do lei­lão te­rem va­za­do, ele res­pon­deu: “não”. Se­gun­do o mi­nis­tro, a no­ta di­vul­ga­da pe­la Pre­si­dên­cia da Re­pú­bli­ca re­su­me o pen­sa­men­to do go­ver­no bra­si­lei­ro e está se­gu­ro que o as­sun­to se­rá es- cla­re­ci­do pe­lo Ita­ma­raty.

A li­ci­ta­ção des­ti­na­rá blo­cos para ex­plo­ra­ção do Cam­po de Li­bra, na Ba­cia de Santos (SP), que tem po­ten­ci­al de re­ser­va en­tre 8 bi­lhões e 12 bi­lhões de bar­ris equi­va­len­tes de pe­tró­leo. A Pe­tro­bras te­rá par­ti­ci­pa­ção de 30% no con­sór­cio.

Lo­bão tam­bém ga­ran­tiu que está man­ti­do o cro­no­gra­ma do lei­lão, que pre­vê o pra­zo fi­nal para o pa­ga­men­to da ta­xa de par­ti­ci­pa­ção e a en­tre­ga de do­cu­men­tos para qua­li­fi­ca­ção das em­pre­sas in­te­res­sa­das para a pró­xi­ma se­ma­na. A empresa que ven­cer o lei­lão te­rá que pa­gar um bô­nus de as­si­na­tu­ra à União de R$ 15 bi­lhões. Na es­treia co­mo di­re­tor-ge­ral da Or­ga­ni­za­ção Mundial do Co­mér­cio (OMC), o bra­si­lei­ro Ro­ber­to Aze­ve­do pro­me­teu, on­tem, dar fim à “pa­ra­li­sia” na en­ti­da­de e co­brou es­for­ços dos 159 paí­ses-mem­bros para des­tra­var a ro­da­da Doha de li­be­ra­li­za­ção do co­mér­cio, que se ar­ras­ta há 12 anos. Em tom de aler­ta, dis­se que um fra­cas­so na Con­fe­rên­cia Mi­nis­te­ri­al de Ba­li, em de­zem­bro, po­de mer­gu­lhar a OMC na irrelevância. O no­vo di­re­tor-ge­ral res­sal­tou que a or­ga­ni­za­ção de­pen­de de vi­tó­ri­as tan­gí­veis no com­ba­te ao pro­te­ci­o­nis­mo para re­cu­pe­rar pres­tí­gio.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.