So­bre amor e cli­chês

O Diario do Norte do Parana - - O DIÁRIO DO NORTE DO PARANÁ -

deixa as­sim... O que eu sei é que amor na­da tem a ver com fri­o­zi­nho na bar­ri­ga, com cor­rer na chu­va em câ­me­ra len­ta, com uma tri­lha so­no­ra per­fei­ta. A gen­te tem que dei­xar de ser in­flu­en­ci­a­do pe­los fil­mes hollywo­o­di­a­nos. So­mos pes­so­as de ver­da­de, com pro­ble­mas de ver­da­de, com de­fei­tos, com co­ti­di­a­nos, cor­pos de ver­da­de, chei­ro de ver­da­de, co­ra­ção de ver­da­de. A fan­ta­sia to­da tem no­me: pai­xão! Es­sa dá, mas pas­sa. Po­de­mos nos apai­xo­nar por uma pes­soa tan­to quan­to por um po­e­ma, ou uma mú­si­ca, ou um ani­mal de es­ti­ma­ção. Amor é mui­to mais. Quan­do ten­to exem­pli­fi­car o que pen­so ser o amor sin­ce­ro uso sem­pre a mes­ma ima­gem: amar é acor­dar to­dos os dias ao la­do de uma pes­soa, ver seu ca­be­lo ba­gun­ça­do e seus olhos cer­ra­dos, sa­ben­do que é exa­ta­men­te aque­la ima­gem que vo­cê gos­ta­ria de ter no iní­cio de ca­da dia, ou se­ja, sa­ber que te agra­da diariamente es­tar do la­do da­que­la pes­soa. Na ver­da­de, em mi­nha opi­nião, amor é sinô­ni­mo de res­pon­sa­bi­li­da­de. Quan­do se diz a al­guém que a ama se jo­ga a se­guin­te men­sa­gem: “fi­que tranqüi­la, eu es­tou aqui por vo­cê e pre­ten­do sem­pre es­tar. Es­tou dis­pos­to a es­tar ao seu la­do, in­de­pen­den­te­men­te da si­tu­a­ção”. En­tão al­guém po­de me per­gun­tar: mas isso não é ób­vio? Sim! O amor é mes­mo es­se cli­chê. Ape­sar de to­da ob­vi­e­da­de do as­sun­to, du­vi­do que exis­ta amor em nos­sos dias. A ân­sia que do­mi­na nos­sa so­ci­e­da­de só nos per­mi­te ter al­gu­mas pai­xões. Jus­ta­men­te por es­sa di­fi­cul­da­de creio que amor não é al­go que se diz ter, mas sim al­go que se diz ter ti­do: no fim dos seus dias, tal­vez no seu úl­ti­mo sus­pi­ro, vo­cê po­de­rá ter a mais ple­na cer­te­za que amou. Ca­so con­trá­rio sua vi­da não te­rá sen­ti­do e seu úl­ti­mo sus­pi­ro se­rá pe­sa­do e do­lo­ri­do. Ame sem mo­de­ra­ção, mas com res­pon­sa­bi­li­da­de: ame!

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.