Es­tu­do ex­põe de­si­gual­da­de

UR­BA­NIS­MO Com ba­se no cen­so do IBGE de 2010, Ob­ser­va­tó­rio das Me­tró­po­les faz o Ín­di­ce de Bem-Es­tar Ur­ba­no (Ibeu) da Re­gião Me­tro­po­li­ta­na de Ma­rin­gá; aná­li­se mos­tra on­de é pre­ci­so in­ves­tir

O Diario do Norte do Parana - - ZOOM - Mu­ri­lo Gat­ti

mgat­ti@odi­a­rio.com Pe­la pri­mei­ra vez os 26 mu­ni­cí­pi­os da Re­gião Me­tro­po­li­ta­na de Ma­rin­gá fo­ram ana­li­sa­dos por meio do Ín­di­ce de Bem-Es­tar Ur­ba­no (Ibeu). O es­tu­do com ba­se nos da­dos do cen­so do IBGE de 2010, ava­lia as con­di­ções de mo­bi­li­da­de, am­bi­en­te, ha­bi­ta­ção, ser­vi­ços co­le­ti­vos e in­fra­es­tru­tu­ra dos mu­ni­cí­pi­os.

“É uma fer­ra­men­ta que per­mi­te ao ges­tor pen­sar em po­lí­ti­cas de de­sen­vol­vi­men­to ur­ba­no. Com o es­tu­do, fi­ca mui­to cla­ro quais são os ter­ri­tó­ri­os mais vul­ne­rá­veis que de fa­to pre­ci­sam ser pri­o­ri­za­dos e re­ce­ber in­ves­ti­men­tos”, diz a co­or­de­na­do­ra do Ob­ser­va­tó­rio das Me­tró­po­les de Ma­rin­gá, Ana Lú­cia Ro­dri­gues.

Ela ex­pli­ca que os 26 mu­ni­cí­pi­os fo­ram di­vi­di­dos em 52 áre­as de pon­de­ra­ção. Ma­rin­gá te­ve o ter­ri­tó­rio di­vi­di­do em 20 áre­as, Sarandi em cin­co e Pai­çan­du, Ma­ri­al­va e Man­da­gua­ri em du­as par­tes. As ou­tras 21 ci­da­des pas­sa­ram por uma ava­li­a­ção ge­ral. A pes­qui­sa­do­ra ex­pli­ca que o pró­xi­mo Ibeu só vai ser fei­to após o cen­so de 2020, quan­do vai ser pos­sí­vel fa­zer um com­pa­ra­ti­vo so­bre me­lho­ria nas áre­as de pon­de­ra­ção. “Mas é um in­di­ca­dor im­por­tan­te, por­que quan­to mais vo­cê usar no mo­men­to em que é cons­truí­do, mais a po­lí­ti­ca pú­bli­ca po­de­rá dar re­sul­ta­do”, afir­ma.

Em Bom Su­ces­so, por exem­plo, on­de foi cons­ta­ta­do o pi­or ín­di­ce re­gi­o­nal, o re­sul­ta­do foi pu­xa­do pe­la ques­tão da mo­bi­li­da­de ur­ba­na, in­flu­en­ci­a­da pe­lo al­to tem­po de des­lo­ca­men­to dos mo­ra­do­res en­tre a ca­sa e o lo­cal de tra­ba­lho. A si­tu­a­ção se ex­pli­ca por­que cer­ca de 30% dos mo­ra­do­res tra­ba­lham em ou­tras ci­da­des.

Em Sarandi e Pai­çan­du, os prin­ci­pais pro­ble­mas de­tec­ta­dos di­zem res­pei­to a fal­ta de in­fra­es­tru­tu­ra ur­ba­na. “O le­van­ta­men­to não é mui­to di­fe­ren­te do que a gen­te cons­ta­ta a olho nu, que é um pro­ble­ma his­tó­ri­co que te­mos bus­ca­do in­ves­tir para re­sol­ver”, afir­ma o pre­fei­to Tar­cí­sio Marques (PT).

Em Sarandi, a as­ses­so­ria de im­pren­sa des­ta­ca que as re­giões com pi­o­res ín­di­ces são as que mais re­ce­be­ram in­ves­ti­men­tos nos úl­ti­mos anos na pa­vi­men­ta­ção e ser­vi­ços co­mo o abas­te­ci­men­to de água. Em Ma­rin­gá, a as­ses­so­ria de im­pren­sa tam­bém des­ta­ca que a re­gião do Par­que Ta­ru­mã re­ce­beu inú­me­ros in­ves­ti­men­tos des­de 2010.

Fo­tos: Ra­fa­el Sil­va

Már­cia Brito, no Jar­dim Mon­te Car­lo, em Pai­çan­du, so­nha com o as­fal­to

Antonio Ve­las­que, na Vi­la Ope­rá­ria de Ma­rin­gá: “Aqui tem de tu­do”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.