Umes quer acor­do com MP so­bre imó­vel ocu­pa­do

Pro­mo­tor e re­pre­sen­tan­tes da Umes se reú­nem hoje, so­bre a si­tu­a­ção de es­tu­dan­tes se­cun­da­ris­tas acam­pa­dos na an­ti­ga sede des­de se­gun­da-fei­ra. Grupo quer pré­dio de vol­ta

O Diario do Norte do Parana - - CIDADES - Car­la Gu­e­des

car­la@odi­a­rio.com Uma reu­nião mar­ca­da para hoje, po­de pôr fim à ocu­pa­ção da an­ti­ga sede da União Ma­rin­ga­en­se dos Es­tu­dan­tes Se­cun­da­ris­tas (Umes), na Ave­ni­da Cer­ro Azul, Zo­na 2, em Ma­rin­gá. A par­tir das 9h30, o pro­mo­tor Mau­rí­cio Ka­la­che re­ce­be­rá dois in­te­gran­tes da di­re­to­ria da en­ti­da­de para uma ten­ta­ti­va de acor­do.

Os ado­les­cen­tes ocu­pam des­de se­gun­da-fei­ra o imó­vel, que per­ten­ce ao Mi­nis­té­rio Público do Pa­ra­ná (MP-PR). A Umes quer a re­to­ma­da do pré­dio, do­a­do à en­ti­da­de pe­la Com­pa­nhia Me­lho­ra­men­tos Nor­te do Pa­ra­ná (CMNP) em 1957, e re­pas­sa­do ao MP-PR em 2006, de­pois de dé­ca­das de aban­do­no e im­pos­tos atra­sa­dos.

Des­de a ocu­pa­ção, os por­tões da ca­sa são man­ti­dos aber­tos e os es­tu­dan­tes se re­ve­zam. Al­guns es­tão acam­pan­do no lo­cal. On­tem pe­la ma­nhã, uma es­tu­dan­te fa­zia fa­xi­na na ca­sa, ou­tros cor­ta­vam pa­péis para fa­zer uma de­co­ra­ção e o res­tan­te foi pro­vi­den­ci­ar o al­mo­ço fo­ra da­li.

A reu­nião foi agen­da­da a pe­di­do da Umes. O pre­si­den­te da en­ti­da­de, Gustavo Bar­ros, diz que aguar­da uma so­lu­ção em bre­ve. “Não é de hoje que es­ta­mos ne­go­ci­an­do com o Mi­nis­té­rio Público e o dou­tor Ka­la­che sem­pre se mos­trou aber­to a es­sa con­ver­sa”, co­men­ta.

Bar­ros adi­an­tou que uma das pro­pos­tas que le­va­rá para a reu­nião se­rá a da cons­tru­ção de um pré­dio na par­te dos fun- dos do ter­re­no e que o imó­vel do MP se trans­for­me em cen­tro cul­tu­ral e vol­te a ser sede da Umes. O grupo tam­bém pe­di­rá para que a CMNP cor­ri­ja a cláu­su­la que im­pe­de o com­par­ti­lha­men­to do imó­vel. “Que­re­mos que ela ti­re es­sa cláu­su­la e libere para que o pré­dio se­ja usa­do tam­bém pe­la Umes.”

Os alu­nos tam­bém pe­di­ram uma au­di­ên­cia com os ve­re­a­do­res e uma mo­ção de apoio à ocu­pa­ção. Eles que­rem que os par­la­men­ta­res vi­si­tem, hoje, o imó­vel an­tes da ses­são or­di­ná­ria, que co­me­ça às 19h. On­tem, a Umes re­ce­beu o apoio de ou­tras ins­ti­tui­ções es­tu­dan­tis, a e exem­plo da União Pa­ra­na­en­se dos Es­tu­dan­tes (Upes) e da União Bra­si­lei­ra dos Es­tu­dan­tes Se­cun­da­ris­tas (Ubes).

Se­gun­do Bar­ros, des­de que o pré­dio pas­sou a per­ten­cer ao MP, a Umes ten­ta a re­to­ma­da ou o com­par­ti­lha­men­to do imó­vel. Nes­te ano, foi lan­ça­da, em maio, a cam­pa­nha Com­par­ti­lha MP nas re­des so­ci­ais. O grupo quer um es­pa­ço para de­sen­vol­ver ati­vi­da­des, co­mo de­ba­tes, reu­niões e ofi­ci­nas. Sem sede ou es­cri­tó­rio, os en­con­tros da di­re­to­ria acon­te­cem nas ca­sas dos alu­nos e até em res­tau­ran­tes.

Em no­ta en­vi­a­da a O Diá­rio nes­ta se­ma­na, a as­ses­so­ria de im­pren­sa do MP in­for­mou que os pro­mo­to­res bus­ca­ri­am so­lu­ção pa­cí­fi­ca e não ha­via pre­vi­são de in­gres­sar com me­di­das ju­di­ci­ais con­tra a ocu­pa­ção.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.